Em 22/04/2019 às 11h49


Diogo Siston fala sobre a missão de substituir Marcos Valadares no Sub-20

Por: Matheus Babo

São Januário, Rio de Janeiro

Com a convocação de Marcos Valadares para assumir o time profissional, a equipe Sub-20 terá um novo comandante para o decisivo duelo desta quinta-feira, às 15h, diante do Palmeiras, pela semifinal da Copa do Brasil: Diogo Siston. Ex-jogador das categorias de base e do futebol profissional do Cruzmaltino, Siston é auxiliar de Marcos na categoria e falou com o Site Oficial sobre o desafio que terá nesta semana.

image
Siston conversa com os jogadores do Sub-20 (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

- Cheguei tem quase um mês. Fui muito bem recebido pela comissão. Essa comissão é altamente qualificada e tenho certeza que vai me dar o suporte necessário para este jogo de quinta-feira eu substituir a altura o Marquinhos - disse Siston, antes de ressaltar a qualidade no trabalho de Valadares:

- O Marcos Valadares é um treinador muito detalhista, com conceitos bem definidos, inclusive ele está tendo essa oportunidade no profissional por conta do trabalho dele. Os jogadores estão sabendo como é a maneira que ele joga e vamos procurar seguir esse caminho.

Siston chegou ao Vasco em 1990 para atuar nas categorias de base do clube. Ficou por lá até 2000, quando foi promovido ao elenco profissional. Saiu do clube em 2003 e rodou por países como Israel, Portugal e Grécia até voltar ao Brasil. Em 2018, retornou a São Januário na função de supervisor. Neste ano, assumiu a função de auxiliar técnico do Sub-20.

- É um orgulho muito grande. O Vasco foi minha segunda casa por treze anos, fiquei dez anos na base, três no profissional e quando recebi o convite para voltar ao Vasco numa outra função e outra categoria eu aceitei na hora. Até pelo sentimento de fazer ainda mais pelo clube, procurar contribuir de alguma forma. Apareceu esse chance no Sub-20 e fiquei ainda mais motivado - finalizou.

Comente essa notícia

Videos

Conheça o novo uniforme 1 do Vasco

desenvolvido por: