Ações de combate à discriminação promovidas pelo Vasco da Gama são reconhecidas pelo TJD em julgamento

quinta-feira, 14/07/2022

Por: Assessoria de Imprensa, São Januário

Na última quarta-feira (13/7), o TJD (Tribunal de Justiça Desportiva), em julgamento do Vasco da Gama por cantos homofóbicos atribuídos à sua torcida, reconheceu a postura proativa do clube e de seus torcedores na adoção de medidas para combate à LGBTfobia e atos discriminatórios, reduzindo a multa de R$ 20.000,00 para R$ 3.000,00. O julgamento ocorreu em razão de notícia de infração feita pelo Flamengo ao TJD-RJ, em março de 2022,  em jogo válido pelo campeonato carioca.

O Club de Regatas Vasco da Gama se compromete a continuar atuando para que eventuais práticas discriminatórias sejam corrigidas. Reconhecemos, apoiamos e nos orgulhamos da conscientização e empenho da torcida vascaína em tornar o futebol um ambiente inclusivo. Esta é nossa história.

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo