Anderson Conceição pede concentração total em desafio contra o CSA

terça-feira, 16/08/2022

Pensando na partida contra o CSA (AL), o Vasco da Gama treinou forte na tarde desta terça-feira (16/08) no CT Moacyr Barbosa, na Cidade de Deus. O treinador interino Emílio Faro aproveitou a oportunidade para fazer ajustes na equipe, que não terá o zagueiro Quintero, suspenso, e o meio-campista Marlon Gomes, machucado, nesta quinta (18), às 20 horas, no Estádio Rei Pelé.

Foto: Daniel Ramalho/Vasco.com.br

Antes da movimentação, em entrevista coletiva, o zagueiro Anderson Conceição avaliou o momento vivido pelo Gigante da Colina no Campeonato Brasileiro. Em quarto lugar com 42 pontos, o Almirante possui oito pontos a mais que o Londrina, que atualmente ocupa a quinta colocação do torneio nacional.

– Cada jogo é muito importante, faltam só 14 para o nosso objetivo. Não podemos ter mais oscilação, é ter bastante concentração, principalmente no próximo jogo. É um adversário complicado, com novo treinador, já trabalhei com o Roberto Fernandes, que é um técnico que quando está nessa situação motiva muito o time dele. Tenho certeza que será um jogo muito complicado, então temos que nos preparar muito para sair com os três pontos – disse o camisa 4, acrescentando na sequência.

– A gente jogou com o CRB no primeiro turno e teve recepção, alguns torcedores estavam no aeroporto e no hotel. Chegamos umas 2h da manhã e tinha gente lá. Onde quer que a gente vá jogar sempre tem essa energia da torcida do Vasco, em qualquer lugar do Brasil, e quinta-feira não vai ser diferente. A carga de ingressos que tiver para a torcida vai esgotar no Rei Pelé para empurrar o time em busca da vitória – afirmou o experiente defensor.

Diante do Azulão do Mutange, em virtude da suspensão do colombiano Quintero, a tendência é que Danilo Boza esteja entre os titulares. O camisa 26 conta com a confiança do capitão cruzmaltino.

– Ele entrando no lugar do Quintero não tem diferença nenhuma. Ele é um cara que agrega muito. Jogando ele e eu, ele e Quintero, os dois juntos, está ótimo. Ele é muito focado, muito profissional, está jogando muito bem. Nosso entrosamento já está bastante adaptado e que a gente possa fazer um grande jogo na quinta-feira. Claro que ele não joga há um tempo, não vinha tendo sequência, mas é um cara que sempre quando entra dá conta do recado – concluiu Anderson Conceição.

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo