Barbieri analisa desempenho do Vasco após classificação na Copa do Brasil

sexta-feira, 24/02/2023

Por: João Pedro Isidro, Assessoria de Imprensa

O Vasco da Gama venceu o Trem (AP) por 4 a 0 na noite de ontem (23), no Estádio Mané Garrincha, pela primeira fase da Copa do Brasil e se classificou para a próxima fase. Após o jogo, o técnico Mauricio Barbieri concedeu entrevista coletiva. O treinador falou sobre a postura do adversário e a forma como o Vasco jogou para furar os bloqueios.
– A gente imaginava que eles viriam com uma postura mais defensiva, era natural. A gente conversou bastante sobre ocupar os espaços, gerar movimentação, movimentos de ruptura. O Jair como é um homem que vem da segunda linha de ataque, é uma situação difícil de marcar, e ele fez isso muito bem. A gente jogou bastante pelos lados, onde normalmente os adversários dão um pouco mais de espaço, e pela nossa característica, a gente tem um homem de área, que é o Pedro, então temos que ser capazes de municiá-lo – disse Barbieri.
O Vasco teve 32 finalizações no jogo, sendo 14 no gol. O técnico disse que os gols perdidos é um ponto em que o time precisa melhorar, mas que não preocupa.
– Entrando um pouco nessa questão, teve um número alto de finalizações, o que é positivo, porque estamos conseguindo encontrar o Pedro. Em alguns jogos tivemos essa dificuldade de estabelecer essa conexão com ele. Esse número alto de finalizações e essas chances perdidas, claro que temos que melhorar, mas não é algo que preocupa. A gente fica com o olhar de que fez quatro gols, poderia ter feito mais, mas é seguir afinando para tentar ser cada vez mais letal – disse o treinador.
O zagueiro Léo foi bastante elogiado por Barbieri, que o chamou de ‘melhor zagueiro canhoto do Brasil’ após mais uma grande partida do camisa 3.
– Sobre o Léo, para mim hoje é o melhor zagueiro canhoto do Brasil. Já tinha a impressão de que ele fosse, e a partir do momento que surgiu a oportunidade, foi um nome que nos agradou muito. O fato de ele querer muito teve um peso. Seguro defensivamente, ajuda uma equipe que quer propor e jogar mais avançada. Tem bom passe, a gente está muito feliz com ele – disse o técnico.
Com o elenco em formação, Barbieri ressaltou a importância dos atletas que vieram da base e tem sido fundamentais nesse início de temporada.
– A gente não considera ainda o elenco fechado, mas sim em fase de formação e desenvolvimento do elenco e da equipe, da maneira de jogar. E isso envolve também conhecer os jogadores, hoje a gente teve cinco jogadores da base, três entraram durante o jogo. A gente teve boas surpresas, como o Barros, que jogou bem nos clássicos. Hoje consegui dar mais tempo para o Paulinho de 17 anos e com potencial enorme. Estamos conhecendo todos os jogadores e entendendo o potencial deles, até onde eles podem ir, e também estamos indo ao mercado para fortalecer ainda mais essa base que a gente está construindo.
O Vasco volta a campo na próxima segunda-feira (27), às 19h30, para encarar o Boavista, em São Januário, pela nona rodada do Campeonato Carioca.
https://www.youtube.com/watch?v=7PC9ESoAqbA

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo