Barbieri vê pontos positivos e busca evolução após estreia

quarta-feira, 18/01/2023

Por: João Pedro Isidro, Assessoria de Imprensa

Após a partida contra o River Plate, primeiro confronto do Vasco na Pixbet Florida Tour, nos Estados Unidos, o técnico Mauricio Barbieri concedeu entrevista coletiva e avaliou os diversos aspectos do jogo. O técnico ressaltou que é apenas o primeiro jogo da pré-temporada e que a equipe tem muito a evoluir.

– Em relação à expectativa do torcedor, a gente compreende. Eu peço que ele tenha um pouquinho de equilíbrio, entenda que essa não é a versão final do Vasco. É uma primeira versão, é o primeiro rascunho – disse o técnico.

Antes do confronto com o River Plate, o Vasco havia feito apenas jogos-treinos no CT Moacyr Barbosa e com adversários do Rio de Janeiro.

– A gente saiu de uma situação de fazer alguns jogos-treinos em casa para enfrentar um adversário que hoje é uma equipe mais pronta que a nossa. Nesse sentido, o resultado é claro que incomoda, mas não preocupa. Acho que durante o jogo a gente conseguiu mostrar comportamentos diferentes e ter muitas ações positivas – disse Barbieri.

O Vasco começou a partida melhor do que o River Plate e teve oportunidades de abrir o placar. Para o técnico cruzmaltino, pesou ao adversário ser uma equipe onde os jogadores jogam juntos há mais tempo.

– O que determinou o resultado, na minha opinião, é a maturidade da equipe do River. O número de finalização foi até parecido, mas eles muito mais eficientes, tranquilos e com mais ritmo. Agora é avaliar o jogo, cortar, ver aquilo o que fez de bom e tentar aprimorar. E aquilo que não foi bom tentar ajustar. Esse é o processo – completou.

A partida marcou a estreia de reforços e também a primeira partida internacional de atletas que vieram das categorias de base. Para Barbieri, o jogo servirá de aprendizado.

– Em relação aos mais novos, acho que é natural, a gente tem alguns jogadores que estão pela primeira vez fazendo um jogo internacional, primeira vez enfrentando uma equipe desse nível, isso tem um peso e faz parte do aprendizado deles, assim como do aprendizado da equipe.

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo