Instagram Facebook Tiktok Youtube Twitter Flickr
Bandeiras
Beach Soccer

Segunda-feira, 17/12/2012

Desafio Internacional de Beach Soccer agitou a arena do Vasco

As finais do Desafio Internacional de Beach Soccer aconteceram na manhã do último domingo (16/12), na Praia do Leme, em frente ao Windsor Hotel. O público assistiu ao Vasco ser campeão após vitória sobre o Botafogo por 3 a 2. Um pouco antes, a Seleção do Irã venceu o América (7 a 3) e ficou com o terceiro lugar da competição.

O treinador Marco Octávio afirmou que foi uma experiência incrível poder disputar com times brasileiros, devido à maior bagagem destes atletas, e aprender com os erros. “O saldo foi positivo” disse ele, que é ex-técnico da Seleção Brasileira de Beach Soccer. Marco Octávio, que é o atual campeão asiático com a Seleção do Irã, disse que todos de sua equipe ficaram impressionados com o nível de profissionalismo da FEBSERJ.
 
O presidente desta, Rodrigo Cação, e o diretor comercial de eventos da mesma, Júnior Negão, estavam satisfeitos com tudo.
 
– O Beach Soccer está voltando a ter grandes eventos aqui no Rio – disse Negão que agora só espera que o Fluminense venha se juntar aos três grandes, já que o Flamengo, segundo o próprio, está prestes a retornar aos melhores dias, com a possível administração de Zico e Júnior junto ao Beach Soccer do clube da Gávea.
 
Por falar em grande, Vasco e Botafogo fizeram um duelo de gigantes. Muito do título cruzmaltino deve ser creditado ao goleiro Cesinha, que apesar de ter levado dois gols, fez pelo menos quatro defesas espetaculares. Cesinha, que é da Marinha e só não fez chover à beira-mar, tem três ídolos: do Beach Soccer, Júnior Negão e o goleiro do Fla, Robertinho.
 
Do futebol profissional, o ex-goleiro Taffarel – campeão mundial em 1994.  Além de ter sido o melhor em campo na conquista vascaína, Cesinha foi eleito o melhor goleiro do campeonato. Os outros premiados foram: o atacante Mortari, do Irã (revelação); o ala Silvano, do América (artilheiro); e o zagueiro Bueno, do Vasco (melhor jogador).  Nos bastidores, o representante da Guaraplus, Eduardo Reis, estava contente pelo apoio da empresa ao Beach Soccer, no geral, e ao campeão Vasco, em particular. A Guaraplus, que também atua em comunidades carentes do Rio, incentivando outros esportes (como futebol de campo, vôlei e handbeach), agora vai patrocinar atletas do MMA: os brasileiros Minotouro e Demi Maia devem ser os primeiros.
 


Compartilhe esta notícia
Cruz de Malta

Outras Notícias