Christiano Pereira comemora vitória e destaca mudança de atitude da equipe vascaína

terça-feira, 01/03/2016

O segundo jogo vascaíno contra o Ginástico (BH), realizado na última segunda-feira (29), foi bem diferente em relação à partida de estreia, onde o Almirante saiu derrotado na prorrogação. O Gigante da Colina entrou em quadra mais focado, corrigindo os erros cometidos no último duelo e venceu de forma tranquila, pelo placar de 97 a 78. O técnico Christiano Pereira falou sobre a primeira vitória e destacou a mudança de postura de seus comandados.
– A equipe se comportou muito bem, fez tudo que nós determinamos previamente nos treinamentos de domingo e de segunda, pela manhã. Provamos para eles que a tática que havíamos estipulado no primeiro jogo não estava errada. O que faltou no primeiro duelo foi atitude do time, que jogou uma partida ofensiva e defensivamente muito ruim. Nós provamos isso a eles através de vídeos, números e consertamos para a segunda rodada, conseguindo alcançar o resultado positivo – disse o técnico. 


Christiano durante partida contra o Ginástico- Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br
A correção dos erros cometidos no primeiro compromisso ficaram evidentes a quem acompanhou o time nas duas partidas. O “dedo” do treinador foi fundamental para a melhora do conjunto, principalmente na marcação. Entretanto, o mérito desta nova postura não é exclusivo de Christiano. O próprio comandante revela a grande contribuição de seu auxiliar Cássio Santos na análise do vídeo do jogo inicial, ajudando a apontar as falhas cometidas e mostrando aos jogadores como corrigi-las.
– Hoje é muito importante o trabalho de estudo de vídeo feito sobre o time adversário. Todos os esportes vêm provando isso. O Cássio, meu auxiliar técnico, fez um trabalho minucioso para este jogo, assim com já havia realizado na última partida. Nós mostramos tudo para os atletas. Tudo que estava errado, exibimos a eles e provamos que não era daquela forma. Uma coisa é o jogador só ouvir você falando, outra é você mostrar para ele o que você disse. O trabalho do Cássio foi excepcional e mudamos nossa maneira de defender e atacar – comentou Christiano.
Os próximos desafios do Gigante do Basquete serão contra o Sport, nos dias 10 e 12 de março, em Recife. Vencer fora de casa se torna importantíssimo em um campeonato curto, de apenas quatro clubes. O treinador vascaíno projetou o jogo contra os pernambucanos e destacou a pressão da torcida adversária.
– Temos que pensar passo a passo. O Ginástico já é uma página virada. Vamos focar no nosso próximo adversário, que é o Sport. Time complicado, jovem. Contratou alguns atletas adultos de qualidade para compor o grupo. Vamos enfrentar uma torcida lá que comparece, que empurra o time e lota o ginásio – afirmou o técnico cruzmaltino.

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo