Com dois a menos, Vasco sofre revés diante do Internacional pelo Campeonato Brasileiro

sexta-feira, 27/10/2023

O Vasco perdeu por 2 a 1 para o Internacional na noite de quinta-feira (26) em São Januário, em jogo válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. O gol do Gigante da Colina foi marcado por Alex Teixeira.

As duas próximas rodadas do Gigante da Colina serão como visitante, enfrentando o Goiás no domingo (29), às 16h, na Serrinha, pela 30ª rodada. Na sequência, o compromisso é diante do Cuiabá, na Arena Pantanal, às 17h, pela 31ª rodada.

O JOGO

O Vasco saiu atrás do marcador no primeiro tempo com gol marcado aos 19 minutos por Maurício e assim tentou empatar antes de a partida ir para o intervalo. Em uma boa chegada aos 46 minutos, Paulinho recebeu de Gabriel Pec na direita e chutou forte. O goleiro Rochet defendeu, deixando sobra, que ficou para Piton arriscar de fora da área, mas a bola foi para fora.

Na volta ao segundo tempo, a equipe vascaína voltou pressionando em busca do gol. Aos quatro minutos, Payet cobrou escanteio levantando na área e Praxedes desviou de cabeça, mandando pela linha de fundo. Pouco depois, Vegetti também teve a mesma tentativa após cruzamento de Piton. Aos 11 minutos, o lance se repetiu com os dois atletas.

No entanto, quem ampliou o placar foi o Internacional. Aos 13 minutos, Enner Valencia marcou o segundo. O gol do Vasco saiu aos 38 minutos, dos pés de Alex Teixeira, com cruzamento na medida de Erick Marcus, diminuindo a diferença. O Gigante tentou até o fim a igualdade no marcador, mas não conseguiu, e ainda terminou a partida com dois jogadores a menos em campo após expulsões de Paulinho e Erick Marcus, que levaram dois cartões amarelos.

Alex Teixeira marcou para o Vasco. Foto: Leandro Amorim/Vasco da Gama

ARBITRAGEM

Árbitro: Luiz Flávio Rodrigues de Souza (SP)

Assistentes: Neuza Ines Back (SP-FIFA) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP-FIFA)

ESCALAÇÕES

VASCO: Léo Jardim; Paulo Henrique (Puma Rodríguez), Medel, Léo, Lucas Piton; Zé Gabriel (Alex Teixeira), Praxedes (Jair), Paulinho; Payet (Erick Marcus), Gabriel Pec e Vegetti. Técnico: Ramón Díaz.

Internacional: Rochet; Bustos (Nicolás Hernández), Vitão, Mercado, Renê; Johnny, Aránguiz (Bruno Henrique), Maurício (Igor Gomes), Wanderson; Alan Patrick (Carlos de Pena) e Enner Valencia (Pedro Henrique). Técnico: Eduardo Coudet.

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo