Com seu “jeitinho mineiro”, Serginho quer fazer história no Vasco

quinta-feira, 30/04/2015

Volante elogia Doriva e espera fazer a diferença contra o Botafogo na grande final do Carioca

Serginho no treinamento desta tarde, na Colina – Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Nascido em Contagem (MG), o experiente Serginho está
disputando o seu primeiro Campeonato Carioca. Apesar da sua estreia, o jogador
já acumula quatro títulos estaduais na carreira pelo Atlético-MG.
Domingo (03/05), o atleta quer marcar o seu nome na história e fazer com que o
Gigante da Colina saia vencedor do confronto contra o Botafogo, às 16h, no
Maracanã. Com o seu “jeitinho mineiro”, Serginho admite não estar nos holofotes,
mas afirma que sua função é de extrema importância para o time.

– Ao meu modo de ver, creio que estou sendo importante para
a equipe. Quero ser sempre útil. O Doriva encaixou bem com esse esquema dentro
de campo. Eu sou simples e humilde, procuro sempre estar fazendo o meu papel –
garante.

Apesar de a função principal ser defensiva, o camisa 8 tem
um importante papel em saídas de bolas ofensivas e também em jogadas surpresas.
Nas últimas duas partidas, Serginho foi decisivo para o Vasco. Contra o
Flamengo no segundo jogo da semifinal, o volante sofreu um pênalti e
Gilberto definiu a classificação cruzmaltina para a final. Já contra o
Botafogo, sofreu uma falta na lateral direita, e Bernardo cobrou com eficiência
para o oportunista Rafael Silva marcar o gol da vitória.

– Somos muito unidos dentro e fora de campo. Com todos que
você fala, estão confiantes em buscar o título. Jogador de futebol tem que
sempre confiar em seus objetivos. O grupo é ótimo. A confiança é muito grande pela busca desse título – afirmou.

Experiência: Serginho e Guiñazu se destacam no Vasco – Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Serginho rasga elogios ao técnico Doriva e diz que se o Vasco está na final é graças também ao mérito do comandante vascaíno.

– Tenho que fazer alguns elogios ao Doriva. Sabemos que a briga na posição é grande. Eu o conheci esse ano e é um grande profissional, muito focado e inteligente. Ele é grande homem que respeita todos os jogadores da mesma forma, tanto o Guiñazu que é experiente, quanto os garotos dos juniores. O que ele conquistou no Ituano foi por merecimento. Ele está chegando a final agora pelo seu trabalho, perseverança, caráter e pela luta no cotidiano. Ele só está colhendo coisas boas que plantou – ressaltou.

Contra o Botafogo no próximo domingo, Serginho quer
novamente fazer a diferença.

– Fazer um gol na final é um sonho de todo jogador. Por quê
não? Posso marcar o meu nome na história do Vasco. Esse é o nosso objetivo. Mas
nunca desrespeitando o Botafogo. Quem sabe não faço um gol em uma grande final  que seria bom para a minha carreira, para o
Vasco e para o futebol brasileiro? – finalizou.
Serginho e todo o elenco retornam aos treinamentos nesta sexta-feira (01), às 15h30, na Colina Histórica