Cristóvão Borges comanda o último treino antes estreia na Flórida Cup

sábado, 14/01/2017

Muriqui e Escudero devem fazer o primeiro jogo pelo Vasco no confronto com o Barcelona de Guayaquil

O Vasco encerrou a preparação para estreia na Flórida Cup no Central Broward Stadion, palco da partida contra o Barcelona de Guayaquil, neste domingo (15/01), às 14h (17h de Brasília). No ajustes finais para o duelo que reeditará final da Taça Libertadores da América de 1998, quando o Gigante se sagrou campeão no ano de seu centenário, Cristóvão deu sequência à pré-temporada iniciada no Rio e enfatizou as bolas paradas e as jogadas ensaiadas. No encerramento, os jogadores aprimoraram as cobranças de pênaltis. Se o jogo terminar empatado, a vaga na semifinal do torneio será decidida nas penalidades máximas.


Muriqui sorri durante treino do Vasco em Boca Raton- Foto: Nelson Costa/Vasco.com.br

Escalado entre os titulares nos treinamentos, Muriqui reestreará pelo Vasco após mais de dez anos. O meia lembrou que o time está trabalhando há menos de duas semanas e que a Florida Cup ainda é uma etapa para as competições de 2017. Para ele, o importante é ajudar o time o tempo que for possível.
– Fiz os dois jogos-treinos e joguei 45 minutos, assim como todos os titulares, e não sei o quanto vou aguentar. É difícil fazer uma previsão. Estou fazerndo uma boa pré-temporada, treinando há duas semanas e ainda não estou na minha condição física ideal, mas acho que posso aguentar 60 minutos – afirma Muriqui, acrescentando que o treinador saberá a hora das substituições:
– Fica a critério do Cristóvão. Eu vou procurar fazer bem feito o que ele definir, com uma boa intensidade para me condicionar para o jogo com o Fluminense (na estreia do Carioca, domingo, dia 29/01, às 17h, no Engenhão).
Depois de dez anos atuando no exterior, a volta ao futebol brasileiro é um terreno desconhecido para Muriqui. A recepção calorosa dos companheiros e a vontade de retornar ao seu país são aliados importantes para que tudo dê certo o mais rápido possível.
– Estou me readaptando bem. Os jogadores me acolheram muito bem. Estou feliz e bastante motivado com essa volta ao futebol brasileiro. Era um desejo meu estar de volta e se concretizou. Agora quero me adaptar o mais rápido possível e fazer uma boa pré-temporada para ter um ano bom – encerrou.


Jordi observa cabeçada de Éderson no palco da estreia- Foto: Nelson Costa/Vasco.com.br

A partida também marcará o retorno do técnico Cristóvão ao Vasco, após cinco anos. Completando o dia de estreias, o meia Escudero vestirá pela primeira vez a camisa cruzmaltina. O argentino também tem sido escalado por Cristóvão nos treinamentos, formando a linha ofensiva ao lado do próprio Muriqui, além de Nenê e Thalles.