Instagram Facebook Tiktok Youtube Twitter Flickr
Bandeiras
Base

Terça-feira, 11/04/2023

Meninos da Colina fazem balanço sobre a primeira fase do Torneio Sul-Americano Sub-17

Antes de entrar em campo pela primeira partida do hexagonal final do Torneio Sul-Americano Sub-17, os Meninos da Colina Rayan, Phillipe Gabriel e Matheus Ferreira fizeram um balanço sobre a primeira fase da competição. O Brasil joga nesta terça-feira, às 18h30, diante da Venezuela. 

Na fase de grupos, quando estava na chave A, junto com Chile, Uruguai, Equador e Colômbia, o Brasil venceu três e empatou um de quatro jogos realizados. Os placares foram de: Equador 2 x 2 Brasil; Brasil 3 x 0 Chile; Brasil 3 x 1 Colômbia; Uruguai 0 x 3 Brasil.  

Nos jogos anteriores, Rayan se destacou marcando dois gols, diante de Colômbia e Uruguai, e deu duas assistências. O atacante do Vasco falou sobre o momento que vive e já projetou o que espera da sequência da competição.  

– Muito feliz pelo momento que estou vivendo, pois em três jogos pude ajudar a equipe com duas assistências e dois gols. Fizemos uma excelente primeira fase, terminado em primeiro lugar do grupo e estamos confiantes para o hexagonal final. Que possamos ser felizes e classificar para o Mundial, além de se sagrar campeão do Torneio Sul- Americano – disse.  

Rayan marcou dois gols e deu duas assistências na primeira fase. Foto: Rafael Ribeiro | CBF

Já o goleiro Phillipe Gabriel falou da disputa e reforçou o sentimento de representar o país em uma competição tão importante. 

– Tenho que agradecer a Deus, por tudo que vem fazendo na minha vida, é um sonho de criança estar aqui. Sobre o Torneio, é uma competição muito intensa, onde cada jogo é muito diferente do outro, sendo decidido em detalhes. Fomos muitos feliz nessa primeira fase com os resultados positivos – avaliou o defensor.  

Para Phillipe, agora começa um “novo campeonato”, que vem com “novos objetivos”. Entre eles, assim como Rayan, o goleiro vascaíno falou em classificar para o Mundial e sair campeão do Torneio. 

Por fim, o volante Matheus Ferreira avaliou que o grupo fez um bom trabalho até o momento e também mirou os próximos passos, alinhado com os companheiros de seleção e Vasco.  

– Conseguimos cumprir o que o professor Leal pediu, que é impor o nosso jogo e fazendo o que a gente gosta, com a alegria do futebol brasileiro. O grupo está muito focado nos objetivos, que são buscar o título e a vaga para o Mundial – finalizou.  

Além dos três jogadores, o Gigante da Colina cedeu ainda para a seleção sub-17 o preparador de goleiros Matheus Famer, que é auxiliar da preparação dos goleiros no profissional do Vasco.


Compartilhe esta notícia
Cruz de Malta

Outras Notícias