Doriva quer o time no ataque contra o Bangu

sexta-feira, 27/02/2015

Treinador vê Vasco na liderança nessa rodada

Comandante vascaíno quer o Vasco ofensivo – Foto: Marcelo Sadio/Vasco.com.br

Depois do treino desta sexta-feira (27/02), Doriva atendeu a imprensa na sala de entrevistas em São Januário e falou sobre a partida deste sábado (28/02) contra o Bangu, às 16 horas, na Colina Histórica, pela sétima rodada da Taça Guanabara.

– Quando jogamos em casa, o adversário arma uma estratégia defensiva, o que dificulta as nossas ações ofensivas. Por isso, temos que marcar mais a frente e roubar a bola. Quando você faz o primeiro gol, obriga a outra equipe a sair para o jogo e ai fica mais fácil de ampliar o placar. Precisamos ser agressivos – enfatizou Doriva.

O time não terá o volante Guinãzú, suspenso por ter levado o terceiro cartão amarelo na vitória por 1 a 0 contra o Fluminense no último domingo (22/02).

– Sem o Guinãzú, nós perdemos o poder de marcação, mas temos que nos defender como equipe e ficar mais tempo com a bola. Só que jogar assim exige mais de todos e desgasta. Para isso, precisamos estar preparados fisicamente e atentos o tempo todo – disse o treinador.

O técnico ressaltou a necessidade de não perder mais pontos em São Januário e lembrou o empate contra o Barra Mansa.

– Tropeço acontece. E o último serviu de alerta. Você tem que ser forte e se impor. Está muito fresco na minha memória o que aconteceu naquele jogo.  Temos que vencer para chegar à liderança nessa rodada – comentou.

Ao final da coletiva, Doriva aproveitou para homenagear a cidade do Rio de Janeiro, que completará 450 anos no próximo domingo, dia 1º de março.

– Parabéns ao Rio por esta data. Estou muito feliz morando aqui, apesar de sentir muita saudade da minha família, já que estou sozinho. As pessoas no prédio aonde moro são ótimas e hospitaleiras. O Rio é realmente maravilhoso – finalizou o comandante vascaíno.