Duas gerações: Paulo Vitor iguala Thalles ao marcar primeiro gol aos 18 anos

quinta-feira, 13/07/2017

Criados em São Januário, ambos os atacantes balançaram as redes no terceiro jogo como profissional

O triunfo fora de casa sobre o Vitória foi decidido com os pés de jovens crias do Vasco da Gama. Thalles, Guilherme Costa e Paulo Vitor foram os responsáveis por três dos quuatro gols que levaram o Gigante da Colina a conquistar o primeiro triunfo de sua história no Estádio Barradão. 
Além do gols marcados na última quarta-feira (12/07) e da posição, Thalles e Paulo Vitor possuem mais coisas em comum: ambos marcaram pela primeira vez na equipe profissional aos 18 anos. Atualmente com 22, o centroavante, substituto imediato de Luis Fabiano, deu conselhos ao mais jovem. 
– Vai ganhando uma experiência boa. A gente que veio da base se cobra mais ainda para chegar no profissional e ter sucesso. O Paulo Vitor está no caminho certo. É um excelente jogador. Tem tudo para dar certo no Vasco e ajudar o time ao longo do ano – disse Thalles.

Thalles e Paulo Vitor foram autores de dois dos quatro gols do Vasco diante do Vitória  – Foto: Nelson Costa/Vasco.com.br
Artilheiro da Copa do Brasil Sub-20 e, até o momento, do Carioca da categoria, Paulo Vitor fez sua estreia na equipe de cima na partida contra o Palmeiras e chegou a ser utilizado no clássico contra o Botafogo, mas apenas contra o Vitória justificou sua fama de goleador. Feliz com a atuação, Paulo Vitor não escondeu a emoção ao falar sobre o gol marcado.
– No lance, quando fiz a movimentação e vi a saída do goleiro, não tive outra escolha a não ser dar um toque de cobertura. Graças a Deus pude fazer meu primeiro gol como profissional do Vasco. Emoção muito grande. A gente que vem da base, no momento que marca pela primeira vez, passa um filme na cabeça, lembramos de todas as dificuldades que enfrentamos – afirmou Paulo Vitor.

Thalles e Paulo Vitor estão entre os cinco atletas mais novos a marcarem pelo Cruzmaltino no século XXI. O camisa 9 é o quarto, atrás de Douglas Luiz em questões de dias, e o segundo nome fica apenas atrás de Philippe Coutinho.