Elenco do Vasco conclui mais um dia de avaliações no CT Moacyr Barbosa

terça-feira, 04/01/2022

Coordenador científico Marcos Cezar fala sobre o início da preparação cruzmaltina

Mais uma etapa da preparação cruzmaltina para a temporada de 2022 foi concluída nesta terça-feira (04/01). No CT Moacyr Barbosa, na Cidade de Deus, os jogadores voltaram a ser submetidos a avaliações clínicas, físicas e fisiológicas. O processo é liderado pelo Departamento de Saúde e Performance (DESP), que é composto por diversas áreas, como medicina, fisioterapia, fisiologia, nutrição, psicologia e preparação física.

Com a participação de profissionais dessas áreas, um relatório com diagnóstico sobre cada atleta será elaborado. O documento servirá para a elaboração dos protocolos individualizados visando a prevenção de lesões e melhora da performance dos atletas, servindo como base para os trabalhos que serão desenvolvidos pela comissão técnica ao longo do ano.

– Os primeiros dias de pré-temporada servem para que a gente faça um diagnóstico inicial dos atletas. Buscamos entender como foi o período de férias dos jogadores remanescentes e começamos a conhecer os atletas novos. Essa bateria de avaliações é importante para descobrirmos as necessidades individuais e coletivas. A partir desse diagnóstico será traçado um protocolo individualizado. Esse protocolo tem como objetivo prevenir lesões e fazer com que os atletas obtenham a melhor performance durante a temporada – explicou o coordenador científico Marcos Cezar.

Meio-campo Yuri Lara durante trabalho na academia- Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br

Embora os dados coletados estejam sendo analisados pelo DESP, o diagnóstico inicial foi visto como animador pelo profissionais que compõem o departamento. Isso porque os atletas se mantiveram em atividade mesmo durante as férias. Essa iniciativa fez com que eles se apresentassem dentro da forma física considerada satisfatória para o início da pré-temporada.

– Todo mundo se apresentou muito bem. O atleta hoje em dia já tem uma consciência muito grande. Ele tira uns dias para descansar, mas nas férias mesmo já começa a cuidar da sua forma física. Como disse antes, todos se apresentaram bem, com forma física dentro do que a gente entende como ideal para esse momento – acrescentou Marcos Cezar.

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo