Em jogo disputado, Vasco perde para o Vitória no NBB: 73 a 64

quinta-feira, 16/02/2017

Fora da quadra, a torcida vascaína foi impedida de assistir a partida no Ginásio Paulo Sarasate

Pela 20ª rodada do NBB, Vasco e Vitória, duas das grandes equipes da competição, entraram em quadra nesta quinta-feira (16/02), no Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras. Em jogo dramático até o fim,  o Gigante da Colina perdeu por 73 a 64 e viu a sua série de vitórias ser interrompida. Nezinho foi o cestinha com 20 pontos. Fora da quadra, a torcida vascaína foi proibida de acessar ao ginásio para assistir o duelo, se tornando o fato triste da noite. Apesar dos problemas, o Gigante da Colina se prepara para o próximo duelo na competição, contra o Basquete Cearense, no Ginásio Paulo Sarasate, no sábado (18/02), às 14 horas. 

Nezinho em ação contra o Vitória – Foto: Jéssica Santana | Universo/Vitória

O JOGO
Tradicionais equipes brasileiras, Vitória e Vasco tiveram um duelo disputado do início ao fim. Com David Jackson se recuperando de lesão, Hélio começou como titular e já pontuando para o Gigante da Colina, que chegou a abrir vantagem de 7 a 2 no placar. O time da casa cresceu no fim do período e virou com cesta de três pontos de Arthur. Com muito equilibrio, Nezinho devolveu uma bola de três pontos, que recolocou o Vasco a frente do placar (16 a 15), mas nos últimos segundos, Braga guardou a bola que deu a vitória parcial a equipe de Salvador: 17 a 16. 
O segundo quarto foi melhor para o Vitória, que já iniciou marcando boa bola de três pontos com Edu Mariano.  Mais arrumada na defesa, a equipe baiana deu trabalho ao Vasco. Aos 3 minutos, a vantagem do time da casa aumentou, abrindo oito pontos de diferença após arremesso de três de Renato. Os baianos foram para o intervalo na frente: 36 a 32.

Gaúcho observa a melhor jogada – Foto: Jéssica Santana | Universo/Vitória

O terceiro quarto foi marcado por muitos erros da equipe e também no equilibrio da pontuação. Um dos destaques da partida, Nezinho  chamou a responsabilidade durante todo o jogo. Apesar do empate no período (14 a 14), a vantagem na pontuação foi mantida para o Vitória. No último quarto, o Gigante da Colina chegou a ficar um ponto atrás em várias oportunidades, mas acabou deslizando no fim. Com uma sequência de acertos de lances livres e erros vascaínos, o Vitória aproveitou a oportunidade e garantiu o resultado positivo por 74 a 63.

                         Hélio entrou na vaga de David Jackson no quinteto inicial – Foto: Jéssica Santana | Universo/Vitória

Titulares:
Nezinho: 20 pontos/6 assistências/3 rebotes
Murilo: 9 pontos/9 rebotes/2 assistências
Gaúcho: 9 pontos/5 assistências/1 rebote
Hélio: 8 pontos/2 rebotes
Wagner: 6 pontos/10 rebotes/1 assistência
Entraram:
Fiorotto: 7 pontos/1 rebote/1 assistência
Márcio: 3 pontos/2 rebotes
Drudi: 2 pontos/1 rebote
Palacios: Nenhum ponto