Em jogo eletrizante, Vasco vence Flamengo em casa e força terceiro jogo da final do Carioca

quinta-feira, 27/10/2016

Hélio brilha e se destaca no segundo jogo da final com 36 pontos

No segundo jogo da final do Carioca de basquete, deu Vasco! O Gigante da Colina venceu o Flamengo por 104 a 98, em jogo de grande qualidade técnica, realizado na noite desta quinta-feira (27/10), no Ginásio Vasco da Gama, no Complexo Esportivo de São Januário. Com o resultado, a equipe vascaína forçou o terceiro jogo da finalíssima, com data e horário a definir. O ala Hélio foi o cestinha da partida com 36 pontos. 

Nezinho em ação contra o Flamengo – Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O JOGO

O jogo começou melhor para o Flamengo, que chegou a abrir 12 pontos de vantagem no início da partida. Os vascaínos só conseguiram pontuar quase na metade do primeiro quarto após pedido de tempo do técnico Christiano Pereira. Hélio, inspirado, marcou os primeiros pontos da equipe e foi o grande destaque da partida. No primeiro tempo, vantagem rubro-negra: 26 a 17.
A partida ficou bastante disputada a partir do terceiro quarto, com as duas equipes alternando o placar. O Vasco fechou o período com apenas um ponto na frente: 76 a 75. 
No último tempo, o americano David Jackson começou a fazer a diferença, com bolas de três e convertendo lances livres importantes. O rubro-negro chegou até a empatar, mas o Gigante da Colina conseguiu manter uma boa vantagem de quatro pontos, que foi ampliada pelo americano David Jackson. Apesar da pressão do rival, o Vasco saiu feliz com um grande jogo na Colina Histórica: 104 a 98. 

David Jackson brilhou no último quarto – Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Titulares:

Hélio (36 pontos / 1 assistência)
David Jackson (24 pontos / 3 assistências)
Fiorotto (11 pontos / 1 assistência)
Nezinho (10 pontos / 2 assistência)
Murilo (3 pontos / assistências)
Entraram no decorrer da partida:

Drudi (6 pontos / 1 assistência)
Gaúcho (6 pontos / 1 assistência)
Palacios (4 pontos/ assistência)
Wagner (2 pontos / 1 assistência)

Márcio (Nenhum ponto e assistência)
Marcellus ( Nenhum ponto e assistência)
Bruninho (Nenhum ponto e assistência)

Fiorotto foi um dos destaques da equipe vascaína – Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br