Figueiredo marca um golaço e Vasco vence o Bahia pelo Brasileiro

domingo, 15/05/2022

Por: Matheus Babo, São Januário

O Vasco venceu o Bahia por 1 a 0 neste domingo (15/5), em São Januário, e chegou aos 13 pontos no Campeonato Brasileiro Série B. O gol foi marcado por Figueiredo, ainda na primeira etapa. Com o resultado, o Cruzmaltino dorme no G4 da competição, aguardando o resultado da partida entre Grêmio e Ituano, que jogam nesta segunda-feira (16/5).

O próximo compromisso do Gigante da Colina na competição será na quinta-feira (18/5), diante do Guarani, na Arena da Amazônia, em Manaus, às 21h30.

Foto: Daniel Ramalho/Vasco

O JOGO

A primeira boa chegada do Vasco foi aos 9, com Gabriel Pec e Nenê pressionando o marcador pelo setor esquerdo de ataque e conseguindo o escanteio. Aos 11, Raniel tentou o chute da entrada da área, mas foi travado pelo marcador. Um minuto depois, Figueiredo lançou Raniel na área e o camisa 9 tentou achar Nenê na área, mas a bola foi longa. Aos 18, Nenê cobrou falta no segundo pau buscando Figueiredo, mas o goleiro adversário chegou antes e afastou.

E o gol não demorou a sair. Aos 23, Nenê rolou na falta para Figueiredo soltar a bomba e marcar um GOLAÇO para abrir o placar: VASCO 1 a 0. Foi o primeiro do Menino da Colina pela equipe profissional. O gol animou o Gigante, que chegou duas vezes com perigo no mesmo lance: Nenê tentou Raniel pelo alto, o goleiro afastou e Anderson Conceição tentou de longa distância.

Foto: Daniel Ramalho/Vasco

O segundo tempo começou com o adversário tentando esboçar uma pressão, mas o sistema defensivo vascaíno estava bem atento e conseguiu segurar este ímpeto. A primeira boa chegada vascaína foi aos 10, com Gabriel Pec, que deu em Nenê na esquerda. O camisa 10 tentou o cruzamento para Figueiredo, mas a defesa afastou. Dois minutos depois, o mesmo Pec arriscou do bico esquerdo da área, mas mandou no meio do gol.

Aos 22, Nenê deu belo passe para Figueiredo na área. O camisa 15 chegou dividindo e quase conseguiu o desvio na bola. Dois minutos depois, o Cruzmaltino chegou com perigo em duas oportunidades, numa boa trama de Gabriel Pec e Palacios. Aos 34, Figueiredo recebeu na entrada da área, dominou, girou e achou Pec na área, que bateu cruzado e quase ampliou o placar. Já nos acréscimos, Palacios cobrou escanteio baixo e Gabriel Pec tentou o chute de primeira, mandando por cima do gol.

Foto: Daniel Ramalho/Vasco

FICHA TÉCNICA
VASCO 1 X 0 BAHIA

Data e hora: 15/5/2022, às 16h
Local: Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Raphael Claus (FIFA-SP)
Assistentes: Neuza Ines Back (FIFA) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Público pagante: 19.272 pessoas
Público presente: 19.692 pessoas
Renda: R$ 654.462,00

Cartões Amarelos: Quintero, Yuri, Palacios e Nene (VAS); Marco Antônio, Daniel e Rildo (BAH)
Cartões Vermelhos: Não houve.

Gols: Figueiredo (21’/1ºT 1-0)

VASCO: Thiago Rodrigues, Gabriel Dias (Weverton, 6’/2ºT), Quintero, Anderson Conceição e Edimar; Yuri Lara, Andrey (Juninho, 23’/2ºT) e Nene (Palacios, 23’/2ºT); Gabriel Pec, Raniel (Getúlio, 37’/2ºT) e Figueiredo (Erick, 37’/2ºT) – Técnico: Zé Ricardo.

BAHIA: Danilo Fernandes, Douglas Borel, Ignácio, Didi e Luiz Henrique (Djalma, 26’/2ºT); Patrick (Falcão, 26’/2ºT), Rezende e Daniel; Marco Antônio (Vitor Jacaré, 18’/2ºT), Matheus Davó (Marcelo Ryan, 26’/2ºT) e Rildo – Técnico: Guto Ferreira.

 

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo