Instagram Facebook Tiktok Youtube Twitter Flickr
Bandeiras
Futebol

Quarta-feira, 28/02/2018

Andrés Ríos garante foco total por volta por cima no Carioca

O Vasco da Gama não esconde de ninguém que a Conmebol Libertadores é a sua grande prioridade no primeiro semestre. Isso não significa, porém, que o clube irá abdicar das demais competições. Enquanto aguarda a partida de estreia na fase de grupo do torneio continental, o Cruzmaltino voltará suas atenções para o Campeonato Carioca, onde necessita de resultados positivos para se manter firme na luta pelo título.


Andrés Ríos trabalha finalização no CT de Vargem Grande- Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

O time dirigido pelo treinador Zé Ricardo terá uma verdadeira maratona de jogos pela competição estadual nos próximos 10 dias. O Gigante da Colina entrará em campo para enfrentar Macaé, Boavista, Fluminense e Madureira. O objetivo é garantir o máximo de pontos possíveis com o intuito de encaminhar a classificação para a semifinal da Taça Rio e, consequentemente, para a reta decisiva do Campeonato Carioca.

– Treinamos sempre para mostrar que temos condições e qualidade. É muito difícil jogar a Libertadores, se trata de uma competição totalmente diferente das outras, mas não podemos esquecer o Carioca. Precisamos estar atentos, melhorar as coisas que fizemos de errado e aprimorar o que apresentamos de positivo. Posso garantir que quem estiver em campo amanhã irá dar tudo que tiver de melhor. Tratamos sempre o próximo jogo como o mais importante – disse Andrés Ríos.

A sequência de partidas será iniciada diante do Macaé, na próxima quinta-feira (01/03), às 19h30, no Estádio de São Januário. A expectativa é que o Vasco da Gama entre em campo com força máxima. Dessa forma, um dos cotados para começar jogando diante do Alvianil Praiano, é o atacante Andrés Ríos. Incomodado com a falta de gols, o argentino quer aproveitar a oportunidade para voltar a balançar as redes com a camisa cruzmaltina.

– A primeira cobrança sobre isso vem de mim mesmo. Eu sempre falei que centroavante, jogador que veste a camisa 9, precisa marcar gols, seja como for. Não estou conseguindo fazer isso no momento, mas venho conseguindo ajudar o time de outra forma. Apesar disso, fico sempre pensando que tenho que cumprir com minha obrigação, que é fazer gols, concluir  as jogadas. Estou treinando muito e acredito que as coisas vão melhorar – concluiu o argentino.


Compartilhe esta notícia
Cruz de Malta

Outras Notícias