Instagram Facebook Tiktok Youtube Twitter Flickr
Bandeiras
Futebol

Sexta-feira, 13/10/2017

Mateus Luís exalta a força coletiva do sub-17

A equipe sub-17 do Vasco da Gama desembarcou no Rio de Janeiro, na última quinta-feira (12/10), após enfrentar o Sport pela Copa do Brasil. Agora, as atenções estão voltadas para a semifinal da Taça Rio, diante do Botafogo, neste domingo (15), em São Januário. O clima de decisão virou rotina para os atletas do juvenil, que trabalham duro na busca pelos títulos nacional e estadual. O lateral-esquerdo do Cruzmaltino, Mateus Luís, falou sobre a preparação para os duelos e reforçou a união do grupo como um grande diferencial.
– Nos fechamos e temos nos preparado para cada jogo como uma final. Encontramos novos desafios a cada partida e batalhamos para sair de cada uma delas com o resultado positivo. Nosso time vem evoluindo e crescendo, isso nos deixa cada vez mais fortes na briga por títulos – disse o jogador.

Mateus Luís em ação com a camisa do Vasco – Foto: Carlos Gregório Júnior/Vasco.com.br
Nesta sexta-feira (13), os Meninos da Colina realizaram suas atividades voltadas para o clássico decisivo diante do Alvinegro. A expectativa é de um duelo equilibrado, mas Mateus Luís reafirmou sua confiança no trabalho realizado com os companheiros para levar o Vasco a lugares altos. 
– A vitória é a única coisa que nos interessa nesse clássico e estamos nos preparando para isso. Estamos familiarizados com o gramado de São Januário, temos disputado jogos aqui e isso é um fator bastante positivo. A gente já conhece o jogo do Botafogo, eles têm muita amplitude, muita enfiada de bola. O nosso treinador já nos preparou para enfrentar isso. Sabemos do nosso potencial e da nossa força para garantir um bom resultado dentro da nossa casa – afirmou.

Mateus Luís em atuação diante do Boavista, pela Taça Rio – Foto: Carlos Gregório Júnior/Vasco.com.br
A chave só será virada para o jogo contra o Sport após o compromisso deste domingo (15), mas os atletas já sabem o que terão pela frente na próxima semana. o lateral-esquerdo do Gigante da Colina lembrou as chances perdidas em Recife, na última quarta-feira (11), e falou sobre a receita para não deixar a classificação escapar.
– Poderíamos ter saído da Ilha do Retiro com a vitória mas, por detalhes, isso escapou. Nossa atuação lá foi boa, fomos superiores durante todo tempo com a bola rolando. Agora é esquecer o que passou e focar para fazer o nosso papel aqui no Rio de Janeiro. Estamos fortes em busca dessa classificação – concluiu.


Compartilhe esta notícia
Cruz de Malta

Outras Notícias