Instagram Facebook Tiktok Youtube Twitter Flickr
Bandeiras
Futebol

Domingo, 22/10/2017

Wellington avalia empate e vira a chave para o clássico

Wellington em ação diante do Coritiba, no Maracanã – Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O Vasco da Gama entrou em campo no último sábado (21/10), diante do Coritiba, em partida válida pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo, disputado no gramado do Maracanã, terminou com igualdade no placar, em 1 a 1. O volante Wellington analisou a postura do Gigante da Colina na partida e destacou o aproveitamento do time de Zé Ricardo na competição nacional.

– Todo jogo é uma guerra, nenhuma partida é fácil. Nós tivemos a posse de bola, o controle do jogo e o gol deles acabou saindo em uma infelicidade, um desvio. O Coritiba não teve nenhuma chance clara, de frente para o Martín Silva. Temos que respeitar, é uma equipe boa e formada com jogadores experientes. O empate não foi ruim, claro que queríamos a vitória, diante da nossa torcida, mas chegamos a seis jogos invictos – disse.

Ao lado dos companheiros, Wellington comemora gol vascaíno diante do Coritiba – Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Pouco tempo após o apito final no Maracanã, o pensamento já estava no próximo compromisso no Brasileirão. O jogador cruzmaltino aproveitou para falar sobre a postura que deve ser adotada pela equipe de São Januário, visando vencer mais um clássico no turno final do campeonato.
– Concentração total. Para jogar um clássico desse, temos que ter sabedoria e inteligência. Vamos deixar a euforia do lado de fora, porque dentro de campo temos que cumprir o nosso papel. Eles têm bons números no ataque, mas nós temos a melhor defesa. Respeitamos o adversário, como todos os outros, mas temos jogadores experientes assim como o lado de lá tem. Isso não nos assusta. Para conquistar o resultado é só manter os pés no chão e fazer um bom trabalho – afirmou.
O Gigante da Colina terá a semana livre para trabalhar forte, de olho na partida diante do Flamengo. O duelo será disputado no próximo sábado (28), no Maracanã, com mando do adversário.


Compartilhe esta notícia
Cruz de Malta

Outras Notícias