Vasco perde para o Grêmio em Porto Alegre pelo Brasileiro

domingo, 11/09/2022

Em partida válida pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Vasco da Gama mediu forças com o Grêmio, na tarde deste domingo (11/09), em Porto Alegre. Na casa do adversário, o Almirante saiu na frente do marcador, mas acabou não conseguindo manter a vantagem e foi superado pelo placar de 2 a 1. Léo Matos marcou para o Almirante, enquanto Bitello e Thaciano para o Tricolor.

Com o resultado, o Gigante da Colina se manteve com 45 pontos e na quarta colocação da competição nacional. O Vasco da Gama retorna aos gramados na próxima sexta-feira (16), às 19 horas, para enfrentar o Náutico. O confronto será realizado no Estádio de São Januário.

O JOGO

Foto: Daniel Ramalho/Vasco.com.br

Mesmo atuando fora de casa, o Vasco da Gama partiu para cima nos primeiros minutos e não demorou muito para inaugurar o placar. Aos três minutos, Edimar escapou pela esquerda e cruzou na direção da pequena área, onde estava Marlon Gomes. O cria da base rolou para trás e viu Léo Matos pegar na veia para tirar o zero do marcador: Vasco 1 x 0. A vantagem cruzmaltina no placar, entretanto, não durou por muito tempo. Com 10 minutos, Edílson mandou a bola para área, a zaga cruzmaltina cortou e no rebote Bitello contou com a sorte para empatar. O arremate do jovem meio-campista desviou em Quintero e tirou qualquer possibilidade de Thiago Rodrigues fazer a defesa: Grêmio 1 x 1.

O gol de empate recolocou no jogo a equipe do Grêmio, que minutos antes havia perdido Campaz, machucado. Em seu lugar, Renato Portaluppi promoveu a entrada de Thaciano. Foi graças a uma grande jogada iniciada por ele que o Tricolor Gaúcho passou à frente no marcador. Quando o cronômetro marcava 19 minutos, Thaciano recuperou a bola no campo de defesa e serviu Biel. O ponteiro do time gaúcho arrancou pela esquerda e deu um passe açucarado para o próprio Thaciano, que tocou com categoria na saída do goleiro vascaíno: Grêmio 2 x 1. O clássico nacional seguiu movimentando, e nos minutos finais da etapa inicial foi o Vasco que esteve próximo de balançar as redes. Aos 30, Léo Matos cruzou e Nenê pegou de primeira para obrigar Brenno a fazer uma milagrosa defesa. No derradeiro lance, o camisa 10 ainda cobrou falta na trave.

Foto: Daniel Ramalho/Vasco.com.br

Ao contrário do que aconteceu no primeiro tempo, o Grêmio foi quem começou a etapa final pressionando. Logo no primeiro minuto, Biel escapou pela esquerda e cruzou na medida para Diego Souza, que só não saiu para o abraço em virtude de uma boa defesa de Thiago Rodrigues. O Tricolor Gaúcho seguiu se fazendo mais presente no campo de ataque, mas sem conseguir levar perigo para a meta vascaína. Sem ser tão ameaçado na parte defensiva, o Gigante da Colina foi para frente em busca do empate. A melhor chance, entretanto, só foi criada aos 26 minutos. Nenê cobrou escanteio e Andrey Santos testou com força na direção do gol. As redes só não foram balançadas pelo camisa 8 por conta de mais uma absurda defesa de Brenno.

FICHA TÉCNICA

Grêmio 2 x 1 Vasco da Gama

Campeonato Brasileiro- 29ª rodada

Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)

Data: 11/09/2022, domingo, 16h00

Árbitro: Raphael Claus (FIFA-SP)

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA-SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (VAR-FIFA-SP)

Cartões amarelos: Diogo Barbosa, Bitello e Geromel (Grêmio); Figueiredo, Bruno Tubarão e Andrey Santos (Vasco da Gama)

Gols: Léo Matos, 3’/1T (Vasco da Gama); Bitello, 10’/1T (Grêmio); Thaciano, 19’/1T (Grêmio).

Brusque: Brenno, Edílson, Geromel, Bruno Alves e Diogo Barbosa; Villasanti, Bitello (Thiago Santos) e Campaz (Thaciano e depois Lucas Leiva); Biel, Guilherme (Lucas Silva) e Diego Souza (Elkeson). Treinador: Renato Portaluppi.

Vasco da Gama: Thiago Rodrigues, Léo Matos (Palacios), Anderson Conceição, Quintero e Edimar; Yuri (Juninho), Andrey Santos, Marlon Gomes (Figueiredo) e Nenê; Alex Teixeira (Bruno Tubarão) e Raniel (Fábio Gomes). Treinador: Jorginho.

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo