Henríquez analisa confronto contra o Palmeiras e trata partida como uma final

segunda-feira, 04/11/2019

O zagueiro Oswaldo Henríquez teve mais uma boa apresentação com a camisa do Vasco no duelo contra o Fluminense no último sábado (2/11). Desde a chegada do treinador Vanderlei Luxemburgo, o camisa 3 assumiu de vez a titularidade. Ele é o líder de rebatidas da equipe na temporada e vem elogiado pelo desempenho. Ao final do clássico, o colombiano falou sobre o próximo compromisso do time, diante do Palmeiras, nesta quarta-feira (6/11), às 21h30, em São Januário. O camisa 3 enfatizou a importância de todas as partidas até o final do Brasileirão e revelou vontade de vencer diante do torcedor.   
 Henríquez em ação diante do Fluminense (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)
– Já estamos na reta final do Campeonato Brasileiro e temos que tratar cada jogo como uma final. Tem times na parte de baixo da tabela que vem ganhando seus jogos e estão se aproximando, agora vamos encarar o Palmeiras, que é uma equipe que está brigando pelo título. Temos que ter cuidado e tentar sair com a vitória diante do nosso torcedor – disse o jogador.  
Na 11ª posição da tabela de classificação com 39 pontos, o Cruzmaltino está na zona de classificação para Copa Sul-Americana 2020. O zagueiro ainda revelou as pretensões da equipe na temporada e fala sobre tratar cada jogo até o final do Campeonato Brasileiro como uma final. 
– Temos objetivos a cumprir, estamos na zona de classificação para Sul-Americana e ainda temos chances de ir para Libertadores. Para isso acontecer temos que vencer nossos jogos, nosso adversário de quarta-feira é uma das melhores equipes do campeonato, temos que buscar a vitória e considerar esse jogo como uma decisão para todos nós. Sair com a vitória nesse confronto mostrará paar todos a força do nosso elenco e que o trabalho pode melhorar em 2020 – disse Henríquez, enfatizando a importância de seu conterrâneo Fredy Guarín ao elenco do Cruzmaltino:  
– O Guarín está gostando muito dessa atmosfera. É um excelente jogador, já marcou seu primeiro gol, agradou a torcida e todos conseguem perceber que ele é um jogador cheio de vonatde de jogar – finalizou o colombiano.      

*Estagiário sob supervisão de Matheus Babo