Jorginho analisa vitória contra o Joinville e elogia Presidente Eurico Miranda

quarta-feira, 08/06/2016

Jorginho dá instruções na vitória contra o Joinville – Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

O técnico Jorginho faz história com o time vascaíno. Com a vitória desta terça-feira (07/06), o treinador chegou ao 34º jogo de invencibilidade no comando do Gigante da Colina. Contra o Joinvile, fora de casa, o clube de São Januário venceu pelo placar de 2 a 0 e se manteve na liderança da competição. Jorginho concedeu entrevista coletiva após o triunfo e falou sobre o confronto.

– A equipe entendeu muito bem como se deve jogar aqui, sabíamos que seria um confronto muito pegado. O time soube construir o placar jogando com muita qualidade. Conseguimos colocar a bola no chão, de pé em pé. Estou muito feliz pelos dois gols do Leandrão – disse o comandante.
Autor dos gols da vitória, o atacante Leandrão voltou a marcar com a camisa do Almirante. Durante o Campeonato Carioca, o camisa 9 esteve emprestado ao Boavista e retornou logo ao término da competição estadual. Com Thalles suspenso, Leandrão teve a chance de iniciar entre os 11 titulares e foi elogiado por Jorginho.
– Tenho certeza que o Leandrão é responsável pelo o que aconteceu hoje. Ele sempre foi muito profissional, nunca reclamou de ficar no banco. Quando ele retornou esse ano, vimos que estava defasado fisicamente. Teve presença na área, foi muito bem. Tenho que parabenizá-lo por essa volta por cima. Leandrão retornou na dele, esperando o momento certo – contou o técnico.

Presidente Eurico Miranda puxando o grito de Casa – Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br
Além da sétima vitória em seis jogos disputados no Campeonato Brasileiro, o dia também foi de festa pelo aniversário do Presidente Eurico Miranda. Presente na Arena Joinville, o dirigente vascaíno foi ao campo após o apito final e puxou o tradicional grito de Casaca com os torcedores presentes.
– Fazer 72 anos em um momento como esse, tem que realmente festejar. Ele passou por um momento difícil de saúde, mas conseguiu superar. E é um momento histórico para ele como presidente, uma equipe com essa invencibilidade – comentou o treinador cruzmaltino.