Jorginho exalta espírito de luta do time em virada sobre o Operário

quarta-feira, 05/10/2022

Por: Assessoria de Imprensa, São Januário

O técnico Jorginho exaltou o espírito de luta da equipe após a vitória de virada por 3 a 2 sobre o Operário, na noite desta terça-feira, no Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa. O comandante ressaltou que o Vasco não pode ficar tanto tempo sem um resultado como esse, de virada, e que lembrou da virada sobre o Palmeiras na final da Mercosul de 2000, quando fazia parte do elenco.

– Todos sabem que o Vasco é o time da virada, só que já fazia mais de um ano que o Vasco não tinha uma vitória como essa, lembrei daquele jogo contra o Palmeiras na Mercosul, que foi uma vitória fantástica lá em 2000. Realmente, eu fico muito feliz porque esse grupo merece, esse é o comportamento do Vasco, jamais desistir – disse, antes de completar:

– É claro que a gente teve que extravasar com a vitória, porque o Vasco que é o time da virada não pode ficar um ano sem conseguir este tipo de resultado.

Jorginho também falou sobre o desempenho de Alex Teixeira, que entrou na segunda etapa e fez dois gols, dando a vitória ao Gigante da Colina:

– O Alex ele é um ponta, joga mais pelo lado esquerdo, mas eu tenho gostado muito das entradas dele por dentro, ele consegue fazer com que a gente jogue no 4-4-2, ele tem um domínio muito bom, um passe muito bom, o drible curto ele faz muito bem, quando eu senti que a equipe não estava jogando bem no primeiro tempo eu tive uma decisão muito difícil de tirar o Nenê, porque a presença do Nenê em campo, além de todo o o potencial dele, é um jogador que o adversário respeita a presença. E eu vi que não estava acontecendo, e precisava mudar dentro do jogo, e o Nenê entendeu super bem.

JOGO CONTRA O NOVORIZONTINO
A gente tem naturalmente a volta do Yuri, que tomou cartão, a gente ainda não definiu nada, é claro que estamos felizes, mas o Novorizontino não vai ser fácil, os caras estão com a corda no pescoço, precisando principalmente vencer, então é um momento que a gente tem que analisar o jogo, para que tome uma decisão. Mas, uma coisa é certa: o time vai ser ofensivo, precisa ser uma equipe que possa propor o jogo, que tenha coragem, para que a gente possa trazer a alegria e confiança ao torcedor.

APOIO DA TORCIDA
Essa vitória de hoje foi fundamental para o torcedor acreditar que a gente vai conseguir o nosso objetivo. A Série B é muito difícil, é um jogo muito físico, muito pegado, que você não pode ter muito descuido. Eu falo com todo o coração para o torcedor vascaíno, a gente precisa demais de vocês. Nem todo jogador é o Romário, nem todo jogador não está ligando para o que está ouvindo do lado de fora. Mas eu preciso que vocês entendam o quanto vocês são importantes pro Vasco da Gama, então, apoiem porque a gente vai conquistar esse objetivo se estivermos verdadeiramente juntos.

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo