Jorginho fala sobre semana fora do Rio e mira confronto contra o CRB

terça-feira, 10/05/2016

Elenco viaja nesta terça-feira, para realizar dois jogos na região nordeste

O Vasco voltou aos treinamentos nesta terça-feira (10/05), depois de levantar a taça de campeão carioca no último domingo (08). Enquanto os titulares ficaram na academia, fazendo trabalho com o CAPRRES, o restante do elenco realizou atividade técnica e tática em campo reduzido.


Andrey e Rafael Vaz disputam a bola em atividade no gramado de São Januário – Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Após o treino, o comandante Jorginho concedeu entrevista coletiva na sala de imprensa de São Januário. Hoje à tarde, o elenco viaja para Alagoas, onde enfrenta o CRB, na próxima quarta-feira (11), às 21h45. O treinador falou sobre o confronto válido pela segunda fase da Copa do Brasil e ressaltou a vontade de vencer por dois ou mais gols de diferença, excluíndo o jogo de volta na Colina Histórica.

– Todo mundo quer eliminar a possibilidade da partida de volta. Mas eles têm um atacante, o Neto Baiano, que é de extrema qualidade. Têm bons jogadores. Não é fácil. Se acontecer, é maravilhoso. Mas é consequência do jogo. Os caras vêm dentro. Oportunidade de ouro para esses jogadores do CRB aparecerem no cenário brasileiro – falou Jorginho.

Jorginho na coletiva de imprensa desta terça-feira – Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O Gigante da Colina ficará no nordeste durante toda a semana. Na sequência do duelo contra o CRB, pela Copa do Brasil, o Almirante enfrenta o Sampaio Corrêa, no jogo de estreia do Campeonato Brasileiro da série B. A partida será disputada no próximo sábado (14), às 16 horas, no Maranhão. O técnico cruzmaltino analisou o período longe do Rio de Janeiro
– Semana bem cheia. Vamos jogar mais de uma vez. Não vamos ter condição de descansar esses jogadores. Não treinamos para que eles possam estar aptos. Temos que ter todo cuidado para não perdemos nenhum jogador importante. Não tive oportunidade de conversar com todos os atletas. Hoje à noite vamos reunir todos, e aí sim teremos a possibilidade de conversar. Festejamos o que tínhamos que festejar. A partir de hoje, começamos a trabalhar – disse o treinador vascaíno.

Jorginho conversando com o elenco após o trabalho técnico e tático – Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo