Leandro Castan: “Poderíamos ter saído do Pacaembu com a vitória”

sexta-feira, 28/09/2018

Em sua quinta partida desde o retorno ao Brasil, o zagueiro Leandro Castan recebeu do treinador Alberto Valentim um enorme voto de confiança. O camisa 25 teve a honra de utilizar a braçadeira de capitão do Vasco da Gama no jogo contra o Santos, disputado no Estádio Pacaembu, na noite da última quinta-feira (27/09). Dentro de campo, como esperado, teve uma atuação segura e ajudou o Cruzmaltino a parar o poderoso ataque do Peixe. 

– Foi uma honra ser capitão do Vasco pela primeira vez. Eu sei da minha importância, mas mantenho os pés no chão e me coloco sempre como mais um elemento do grupo. Venho de um período de férias, minha última partida havia sido em abril, e só agora tive uma sequência boa. Estou me sentido melhor e mais leve a cada partida que passa. Poderia estar num estágio mais avançado se não tivesse sofrido aquela lesão no ombro. Espero continuar ajudando no crescimento do Vasco no Brasileiro – afirmou o defensor.


Leandro Castan foi o capitão vascaíno no Pacaembu- Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Ao avaliar o resultado obtido em solo paulista, Leandro Castan não poupou elogios para o desempenho cruzmaltino diante da segunda equipe de melhor rendimento no segundo turno do Campeonato Brasileiro. O experiente defensor valorizou o ponto somado, mas afirmou que não seria nenhum exagero se o Gigante da Colina deixasse o gramado somando mais três pontos na tabela.

– O empate não foi um resultado ruim, mas poderíamos ter saído daqui com a vitória. Tivemos uma chance de matar o jogo no finalzinho. Apesar disso, valorizamos bastante esse empate. Nossa equipe lutou, foi muito guerreira e teve qualidade também para jogar. Não é fácil jogar contra o Santos. Eles possuem um time rápido, jovem e muito qualidade, mas conseguimos neutralizá-los em vários momentos. A equipe está de parabéns, mas para esse resultado ser bom temos que conquistar uma vitória contra o Paraná – disse Leandro Castan.

Em 16º lugar com 29 pontos, o Vasco possui a mesma pontuação de Vitória e Bahia, mas leva desvantagem nos critérios de desempate. Para subir mais alguns degraus na classificação, o clube de São Januário buscará ampliar sua invencibilidade no Campeonato Brasileiro diante do Paraná, em Curitiba, na próxima segunda-feira (01/10). O Tricolor da Vila é o lanterna do torneio, mas Leandro Castan não espera facilidade.

– Temos que pensar partida depois de partida. Não podemos projetar nada. Temos agora um jogo difícil contra o Paraná e temos que ir em busca da vitória. Respeitamos muito a equipe do Paraná, até porque sabemos que no Brasileiro não tem partida fácil. Vamos em busca dos três pontos. Nosso grupo é bom. Passamos por um momento não muito bom em virtude da falta de confiança. Acredito muitos nos meus companheiros e tenho convicção que terminaremos a temporada de uma forma feliz – finalizou o camisa 25.