Lucas Piton é apresentado no CT Moacyr Barbosa

sexta-feira, 06/01/2023

Por: João Pedro Isidro, CT Moacyr Barbosa

Na manhã desta sexta-feira, mais um reforço do Vasco da Gama para a temporada foi apresentado no CT Moacyr Barbosa. Trata-se do lateral-esquerdo Lucas Piton. O atleta, que foi contratado junto ao Corinthians e assinou contrato com o Gigante da Colina até dezembro de 2026, recebeu a camisa número 36 das mãos Diretor Executivo Paulo Bracks, que o apresentou aos jornalistas presentes antes da primeira coletiva de imprensa como jogador do Gigante da Colina.

Foto: Daniel Ramalho/Vasco

– Quero agradecer primeiramente a Deus, a minha família, à direção, comissão técnica, a todos os atletas e a torcida que me enxeu de mensagens nas redes sociais. Venho feliz e muito motivado para ajudar o Vasco da melhor maneira possível – declarou Lucas Piton, que também citou suas características e ressaltou que veio do futsal, esporte que exige rápido raciocínio.

– Sou um jogador muito ofensivo, mas não deixo a desejar na parte defensiva. Tenho um pensamento muito rápido, porque vim do futsal. O futsal me deu isso. Quando vou receber um passe, já sei o que posso e vou fazer. É uma característica muito forte minha – disse o novo camisa 36.

O novo lateral revelou admiração pelo ídolo cruzmaltino Felipe, citou as semelhanças e reforçou que quer fazer história no Vasco.

– Não tenho o que falar do Felipe, é um ídolo do Vasco que veio do futsal e eu vim do futsal. Não tem como fazer comparações, mas venho aqui para colocar meu nome na história como ele. Aqui tem bons jogadores, como já falei, o Edimar e o Paulo Victor, mas venho pra buscar o meu espaço e ajudar o Vasco.

Recém chegado ao Rio de Janeiro, Lucas Piton contou com a ajuda de um conterrâneo para se ambientar mais rápido. O meia Nenê ajudou o reforço vascaíno antes de sua chegada e o camisa 36 já se sente em casa.

– O Nenê é da minha cidade natal, é de Jundiaí (SP). Desde pequeno eu acompanho ele. Liguei pra ele e conversamos sobre como é o clube. Ele tem me ajudado tanto dentro como fora de campo. É um grande jogador e está me ajudando muito.

 

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo