Na raça, Vasco vence o Botafogo e força o terceiro jogo na série semifinal do Carioca

sábado, 15/09/2018

O Vasco venceu o Botafogo neste sábado (15/9) por 92 a 88, no Ginásio de São Januário, pelo segundo jogo da semifinal do Campeonato Carioca de Basquete e empatou a série em 1 a 1, forçando a última partida. O craque da partida foi Duda Machado, que chegou a passar mal após decidir o jogo no segundo tempo da prorrogação.

O terceiro e decisivo jogo entre as equipes será nesta terça-feira (18/9), às 20h. O vencedor garante vaga na decisão do Campeonato Carioca.

Duda Machado foi o craque da partida (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br)

O JOGO

O Vasco começou o jogo muito bem. O time fez os oito primeiros pontos do jogo. Com uma defesa forte e Duda Machado liderando a equipe, o jogo do Cruzmaltino encaixou bem. O Botafogo se achou durante o período e o primeiro quarto terminou com vantagem vascaína em 19 a 14 no placar.
No segundo quarto, o desempenho do Vasco na defesa acabou caindo. O adversário acertou o ataque e encaixou algumas bolas de três. No setor ofensivo, o Cruzmaltino também teve dificuldades e acabou sofrendo a virada. O fim 
do primeiro tempo terminou com vantagem do Botafogo no placar por 36 a 28.

Holloway consegue bela bandeja (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br)

O técnico Alberto Bial teve tempo de reorganizar o time no intervalo e o Vasco voltou bem mais concentrado. O time se acertou na defesa e contou com a mão boa de Duda nas bolas de três para encostar no placar. Depois de ter começado o quarto perdendo por três pontos, o Cruzmaltino chegou a encostar, mas terminou o terceiro período perdendo por 55 a 49.

Para o último quarto, o Vasco voltou para o tudo ou nada. Precisando da vitória, a equipe foi pra cima e se fortaleceu ainda mais na defesa. A vantagem, que no início do período era de seis pontos, caiu pra dois. Restando quatro minutos para o fim, as duas equipes erravam muito. O Vasco mostrava muita raça e conseguiu empatar em 66 a 66, levando o jogo para a prorrogação.

Gemerson foi outro que teve atuação destacada (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br)
Na prorrogação, o Vasco seguiu forte na defesa e conseguiu logo duas bolas de três, com Duda Machado e Gemerson, abrindo seis pontos de vantagem e uma certa traquilidade. O Botafogo tinha dificuldade no ataque, mas sempre se manteve vivo no jogo, conseguindo empatar restando três segundos, forçando nova prorrogação.

No segundo tempo da prorrogação, o Vasco já não contava com três jogadores (Gemerson, Alexei e Lupa) por conta das cinco faltas. Com o cansaço, a equipe passou a ter dificuldades e o Botafogo abriu cinco pontos. Mas o Vasco tinha Duda Machado e conseguiu a virada após bela cesta de três do jogador. O Vasco passou a administrar essa vantagem e finalmente terminou com a vitória.

Alberto Bial vibra junto com a torcida após o Casaca (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br)