Nenê exalta torcida do Vasco e revela segredo da virada vascaína

segunda-feira, 28/09/2015

Vencer o Flamengo voltou a ser rotina para o Vasco da Gama na temporada de 2015. No último domingo (27/09), pela quarta vez no ano, o Gigante bateu o rival. O triunfo por 2 a 1 foi construído no segundo tempo com gols de Rodrigo e Nenê, e fez o cruzmaltino ficar ainda mais próximo de deixar a zona desconfortável do Brasileirão. O clube de São Januário está apenas cinco pontos atrás do Goiás, equipe que ocupa a 16º colocação do torneio.

Nesta segunda-feira (28), um dia após fazer a alegria dos seus torcedores no Estádio Maracanã, o elenco vascaíno retornou aos treinamentos na Colina Histórica. Enquanto os titulares fizeram um trabalho regenerativo na academia, os demais jogadores realizaram trabalhos físicos e técnicos no gramado. Ao término das atividades, o meio-campista Nenê concedeu entrevista coletiva e exaltou o momento vivido pelo Vasco na competição nacional.

– Essa vitória representa muito não só por ser tratar de um clássico, mas por eles terem um grande time. Nós mostramos que temos condições de jogar bem e ganhar de qualquer adversário. Esse jogo era muito importante para dar prosseguimento a nossa sequência de vitórias no Brasileiro. Isso merece ser destacado, pois quanto mais vencermos, mais próximo ficamos de realizar o sonho de sair da zona de rebaixamento. O Jorginho tem dito que o mérito é só nosso, mas tem o dedo de todos: jogadores, diretoria e comissão técnica. Eles souberam fazer com que nós voltássemos a acreditar em nosso potencial. É importante destacar também a ajuda daqueles que não estão sendo relacionados. Somos uma família, e por isso todos se ajudam – afirmou o autor do gol da vitória.


Nenê é um dos comandantes da virada vascaína no Brasileiro- Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Camisa 10 do Vasco da Gama, Nenê é um dos jogadores do atual elenco que mais possuem o respeito dos torcedores vascaínos. No último “Clássico dos Milhões” da temporada, o atleta de 34 anos recebeu o carinho dos seguidores da cruz de malta após deslocar Paulo Victor e anotar o segundo tento do time de São Januário. Durante o bate-papo com os jornalistas, o armador também projetou o futuro cruzmaltino no Brasileirão.

– O respeito e o carinho que estou recebendo dos torcedores diariamente é muito importante, me traz muita força para dar mais e mais para o Vasco. Receber o abraço do torcedor no momento do gol foi especial. Declarei quando cheguei que meu primeiro objetivo era dar passes e não fazer tantos gols, mas está acontecendo de ajudar o time dessa maneira. Estou feliz e espero seguir ajudando. Em relação ao Brasileiro, precisamos focar no que precisamos fazer, e não no resultado dos outros. Mas é claro que ficamos felizes quando os resultados nos ajudam. A reação veio no momento que tinha que acontecer. Era agora ou nunca. Não tínhamos tempo. Espero que antes do fim do campeonato nós já estejamos salvos – declarou o meia Nenê.

Embora tenha dois confrontos diretos nas próximas rodadas do Campeonato Brasileiro, o foco vascaíno está no segundo jogo das quartas de final da Copa do Brasil, contra o São Paulo, na próxima quarta-feira (30), às 22 horas, no Maracanã. Superado por 3 a 0 no Morumbi, o Gigante da Colina precisa vencer por quatro gols de diferença para conquistar a classificação. Um triunfo pelo mesmo placar leva a decisão da vaga para os pênaltis.