Nos pênaltis, Vasco vence Fluminense e se garante na semifinal da Copa do Brasil sub-17

quarta-feira, 25/05/2022

Pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil sub-17, o Vasco da Gama entrou em campo na noite desta quarta-feira (25/05), no Estádio Luso Brasileiro, na Ilha do Governador, para medir forças com o Fluminense. Apesar do gol marcado por GB, o Cruzmaltino perdeu para o Tricolor por 2 a 1.

Por conta do triunfo vascaíno pelo placar de 3 a 2 no primeiro jogo, disputado na semana passada em São Januário, a vaga foi decidida nas cobranças de pênalti e os Meninos da Colina acabaram vencendo pelo placar de 5 a 4, com grande desempenho do goleiro Lecce, que defendeu três cobranças.

Garantido na semifinal da importante competição nacional, os Meninos da Colina agora aguardam o vencedor do confronto entre Bahia e Fortaleza. No jogo de ida, o Tricolor Baiano venceu por 3 a 0.

Foto: Matheus Lima/Vasco.com.br

O JOGO

Apesar da vantagem conquistada na partida de ida, o Vasco não adotou uma postura defensiva no começo do confronto decisivo, muito pelo contrário, foram do Cruzmaltino as primeiras chances. Logo no minuto inicial, Estrella arriscou de longe para defesa do goleiro Jung. Aos sete, nova investida, dessa vez com Jerônimo, que finalizou por cima do gol.

Precisando reverter o resultado, o Fluminense só começou a ameaçar o Gigante de Colina aos 14 minutos. Para a infelicidade vascaína, logo em sua primeira chegada, o Tricolor abriu o placar. Após desvio de Crysthyan Lucas, a bola caiu nos pés de Agner, que demonstrou oportunismo e bateu na saída do goleiro Lecce: Fluminense 1 x 0.

Foto: Matheus Lima/Vasco.com.br

O Vasco não se abateu e seguiu se fazendo presente no campo de ataque. Com 20 minutos, Estrella colocou Jung para trabalhar em arremate da intermediária. Aos 38, outra boa chance do Almirante. Na ocasião, Paulinho lançou GB e o viu deixar André na cara do gol. O camisa 11, porém, mandou para fora.

O ritmo do clássico reduziu no segundo tempo, mas o Gigante da Colina seguiu levando perigo. Aos 16, GB recebeu de Kauan Kelvin e chutou com perigo, fazendo a bola tirar tira da meta tricolor. Se nesse lance o camisa 9 não conseguiu balançar as redes, o mesmo não se pode dizer da jogada seguinte. Com 20 minutos, Paulinho fez grande jogada e lançou Estrella. A defesa do Fluminense afastou mal e no rebote GB não desperdiçou: VASCO 1 x 1.

Foto: Matheus Lima/Vasco.com.br

O gol vascaíno fez o jogo esquentar outra vez e quem se aproveitou disso foi o Tricolor das Laranjeiras. Quando a partida se encaminhava para o final e o cronômetro já marcava 41 minutos, Enzo empurrou para o fundo do barbante: Fluminense 2 x 1. Com o resultado, a vaga para a semifinal foi decidida nas cobranças de pênalti e o Almirante acabou vencendo pelo placar de 5 a 4, com grande desempenho do goleiro Lecce, que defendeu três penalidades.

Escalação do Vasco: Lecce, Paulinho, Luiz Felipe (Wanyson), Lyncon e Leandrinho; Matheus, JP (Igor) e Estrella; André (Renan), Jerônimo (Kauan Kelvin e depois Guga Maia) e GB. Treinador: Gustavo Almeida.

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo