Paulo Henrique marca e Vasco vence o clássico com o Botafogo em São Januário

segunda-feira, 06/11/2023

Por: Caio Almeida | Comunicação

O Vasco da Gama recebeu o Botafogo na noite desta segunda-feira (6), pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Estádio de São Januário. Com gol do lateral-direito Paulo Henrique, o Gigante da Colina venceu por 1 a 0.

Com os três pontos somados, o Cruzmaltino chega a 37 na competição. Agora o Vasco retoma suas atenções para o duelo contra o América (MG), também em São Januário, no domingo (12), às 18h30.

Foto: Leandro Amorim / Vasco da Gama

O Clássico da Amizade começou estudado e com muitas disputadas na área central do gramado. Aos poucos, o Vasco conseguiu administrar a posse de bola e criar boas chances ofensivas. Aos 29 minutos, Maicon afastou o perigo que rondava a zona defensiva e achou Paulo Henrique. O lateral avançou em velocidade, cortou os marcadores e bateu de canhota, sem qualquer chance para o goleiro adversário: 1 a 0.

O gol marcado deu mais confiança e segurança para o elenco Cruzmaltino. O time começou a produzir mais e mais oportunidades. Aos 46 minutos, a arbitragem assinalou impedimento no que seria o segundo tento vascaíno, desta vez, marcado por Gabriel Pec. No minuto seguinte, Paulinho levou perigo em cabeceio na pequena área.

Na segunda etapa, coube ao Vasco administrar sem sustos o resultado. Com solidez defensiva, a equipe conseguiu neutralizar as poucas investidas adversárias. Na única oportunidade que o Botafogo teve de fazer Léo Jardim trabalhar, o goleiro, de forma muito segura, defendeu a bola no meio do gol. Ainda deu tempo para, aos 46 do segundo tempo, o Gigante construir uma boa jogada, mas Vegetti acabou finalizando para fora. O que não fez falta. No apito final do árbitro, a Barreira pôde festejar mais uma grande vitória no campeonato.

Foto: Leandro Amorim / Vasco da Gama

O JOGO:
VASCO DA GAMA 1×0 Botafogo – São Januário – 06/11/2023, às 19h

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis (SP/FIFA) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)
VAR: Wagner Reway (PB/FIFA)
AVAR: Helton Nunes (SC)
AVAR 2: Adriano de Assis Miranda (SP)

VASCO: Léo Jardim; Paulo Henrique, Maicon, Medel, Lucas Piton; Zé Gabriel, Praxedes, Paulinho (Jair); Gabriel Pec (Léo), Erick Marcus (Alex Teixeira) e Vegetti. Técnico: Ramón Díaz.

Botafogo: Lucas Perri; Di Plácido (Luis Henrique), Philipe Sampaio (Danilo), Bastos (Diego Costa), Marçal (Hugo); Danilo Barbosa, Tchê Tchê, Eduardo; Júnior Santos (Matías Segovia), Victor Sá (Carlos Alberto) e Tiquinho Soares. Técnico: Lúcio Flávio.

Cartões amarelos: Medel e Paulinho (VAS); Marçal, Danilo, Diego Costa e Tiquinho Soares (BOT).

Gol: Paulo Henrique, 29’/1T

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo