Professores do Colégio Vasco da Gama enfatizam o valor da profissão no esporte

sexta-feira, 15/10/2021

Por: Yana Gomes, sob supervisão de Raiana Monteiro

Pouco mais de 60 anos antes da fundação do Vasco da Gama, o imperador do Brasil, na época, Pedro I, implantou um decreto em que criava o Ensino Elementar no Brasil. Nele estavam previstas solenidades aos professores. Desde então, no dia 15 de outubro comemora-se o Dia dos Professores, e nada mais justo do que homenagear o trabalho desses profissionais responsáveis pela formação de tantos outros.

O Vasco, como um clube formador de atletas, conta com o apoio de uma rede de professores no Colégio Vasco da Gama, que fica localizado no Complexo de São Januário.

O Colégio surgiu após a necessidade de garantir a escolaridade dos atletas das categorias de base, e pela dificuldade de conciliar o período escolar com os treinos, fatores que dificultavam a permanência dos jovens no Clube.

A diretora Andreia Marcatto emociona-se ao comentar ser apaixonada pelo Colégio Vasco da Gama.

“É uma escola única no Brasil”.

Ela destaca também a relação especial entre professores e alunos.

“Além da relação de professor e aluno, ensino, aprendizagem e conteúdos programáticos, eles também desenvolvem uma relação de amizade e de torcida, porque acabam acompanhando a vida profissional do atleta fora do colégio. Os professores se envolvem, fazem um planejamento para quando os alunos estiverem fora do colégio em competições, dentre outras responsabilidades”, finaliza Andreia.

Professor de filosofia há dois anos no Colégio Vasco da Gama, André Brandão Rodrigues afirma se sentir honrado em exercer essa profissão, e destaca a importância da educação no esporte.

“Tenho certeza de que eles farão muito sucesso devido à educação que eles recebem”, diz André.

Já o professor de sociologia, Joelson da Silva, detalhou como é realizado o trabalho com os alunos através de seus projetos de vida para poderem enxergar as possibilidades que a sociedade tem a oferecer para cada um deles.

“Trabalhar no Colégio Vasco da Gama é uma experiência ímpar, é algo muito gratificante porque me permite dar uma educação que eu sempre sonhei: uma educação personalizada”, e conclui:

“O corpo de professores do Colégio Vasco da Gama é fantástico, me dá orgulho de chamá-los de colegas. Agradeço o reconhecimento e a oportunidade de fazer parte desse time de professores”, finaliza Joelson.

O Club de Regatas Vasco da Gama parabeniza a todos os professores de Norte à Sul deste país, e continuará imbuído em formar atletas-cidadãos para a solidificação cada vez maior da nossa Base Forte, como foi o caso dos jovens talentos que passaram pela instituição, como Alex Teixeira, Alan Kardec, Andrey, Caio Lopes, Douglas Luiz, Lucão, Philippe Coutinho, Paulinho, Ricardo Graça, Talles Magno, dentre tantas outras jóias da Colina.

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo