Santos supera o Vasco na Vila Belmiro

quarta-feira, 12/08/2015

Martín Silva brilha, defende pênalti, mas Santos marca de falta e garante vitória sobre o Gigante da Colina por 1 a 0

Em jogo válido pela 18º rodada do Campeonato Brasileiro, o Santos venceu o Vasco por 1 a 0, com gol marcado por Victor Ferraz, no início do segundo tempo. Destaque cruzmaltino, Martín Silva brilhou no jogo com defesas espetaculares na primeira etapa e no pênalti cobrado por Ricardo Oliveira no final da partida. 
O próximo adversário dos cariocas será o Coritiba no próximo sábado (15), às 18h30, no Maracanã. 

O JOGO

O primeiro tempo foi de muitas
chances perdidas pelo Santos. Martín Silva fechou o gol e não deu brechas para os
paulistas durante os 47 minutos iniciais. Apesar da grande pressão dos
santistas em casa, o Gigante da Colina fez uma boa marcação e contou com a
qualidade do goleiro uruguaio.

Logo no início, Ricardo Oliveira,
artilheiro do Brasileiro, cabeceou para grande defesa do camisa 1 vascaíno. Na
sequência, Geuvânio chutou e Jomar afastou. O atacante do Peixe tentou
novamente aos 14 minutos. Novamente Geuvânio aparece e encontra bem Ricardo
Oliveira, que da marca do pênalti, chuta por cima do gol.

Martín Silva brilhou no primeiro tempo e defendeu pênalti de Ricardo Oliveira no segundo – Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br
O camisa 9 do Santos parou
novamente em Martín Silva aos 27 minutos. Gabriel encontra bem o jogador, que
fica cara a cara com goleiro, mas finaliza mal.

A grande jogada do Vasco na
primeira etapa foi de um lance em que Riascos acreditou até o fim. Em uma bola
lançada ao ataque, o colombiano ganha dos defensores na força, solta a
bomba de fora e assusta Vanderlei.

Riascos teve  a melhor chance do Vasco no primeiro tempo – Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br
Depois de parar Ricardo Oliveira,
foi a vez de Martín Silva virar o algoz de Geuvânio. O atacante teve duas boas
oportunidades no final da primeira etapa, mas parou na atuação do uruguaio, que
estava inspirado.

O Santos mudou o rumo da partida no início da segunda etapa. Guiñazu comete falta em cima de Geuvânio e recebe cartão amarelo. Na cobrança, o lateral Victor Ferraz cobra com categoria e consegue passar por Martín Silva: 1 a 0.
Após o gol, o técnico Celso Roth
fez mudanças para reverter o panorama da partida. Julio dos Santos e Júlio César
deram seus lugares para Herrera e Rafael Silva, respectivamente. O Vasco conseguiu
ter mais posse de bola e assustou aos 11 minutos. Em escanteio cobrado na área,
Jomar fica com a bola, consegue girar e chuta para a grande defesa de
Vanderlei, que salva o Santos do empate.

Jhon Cley tentou, mas não teve boas oportunidades no jogo – Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O jogo ficou mais equilibrado e as equipes não criaram muitas chances, até que Marquinhos Gabriel invade a área do Vasco aos 33 minutos, dribla o goleiro e deixa a bola para Lucas Lima, que é derrubado por Guiñazu. O volante que já tinha cartão amarelo, recebeu vermelho direto. Na cobrança de Ricardo Oliveira, Martín Silva novamente parou o atacante e fez uma excelente defesa a favor dos cruzmaltinos. Final: Santos 1×0 Vasco.

FICHA TÉCNICA – SANTOS 1X0 VASCO

Local: Vila Belmiro, Santos-SP
Árbitro: Emerson Luiz Sobral (PE)
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo (MG) Fabiano da Silva
Ramires (ES)
Gol: Victor Ferraz (03’/2ºTempo)
Cartões amarelos: Gabriel, Ricardo Oliveira e Marquinhos Gabriel (Santos) / Serginho,  Guiñazu, Rafael Silva, Thalles e Herrera (Vasco)
Cartão vermelho: Guiñazu (Vasco)
Santos: Vanderlei, Victor Ferraz (Daniel Guedes), David Braz, Gustavo Henrique
e Zeca; Thiago Maia, Renato e Lucas Lima; Geuvânio (Leandro), Ricardo Oliveira e Gabriel (Marquinhos Gabriel).
Técnico: Dorival Júnior
VASCO: Martín Silva, Madson, Jomar, Rodrigo e Christianno;
Guiñazu, Serginho, Julio dos Santos (Herrera), Júlio César (Rafael Silva) e Jhon Cley; Riascos (Thalles). Técnico: Celso Roth