Em 23/10/2015 às 15h54


Gilvano e Felipe Rafael exaltam o bicampeonato brasileiro do Vasco no Futebol de 7

Por: Marcella Macedo

image
Gilvano e Felipe posam com taças conquistadas pelo Vasco- Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

A equipe Paralímpica de Futebol de 7 do Vasco da Gama se sagrou no início deste mês de outubro Bicampeã do Campeonato Brasileiro. O título foi conquistado após o time vascaíno superar a ADD (MS) na grande decisão. No Estádio Leonardo Barbieri, em Águas de Lindóia (SP), o Gigante venceu por 3 a 1 nas penalidades após empate sem gols no tempo normal.

O grande nome das cobranças de pênaltis foi o arqueiro vascaíno. O goleiro Gilvano se destacou por ter conseguido defender três penalidades. O jogador é figurinha carimbada na Seleção Brasileira e sonha em trazer o tricampeonato para o Vasco na temporada que vem. Enquanto ela não chega, o camisa 1 relembra momentos marcantes com a camisa cruzmaltina.

- Na hora das cobranças, procurei não pensar em nada. A ficha só caiu quando todos vieram todos me abraçar. A coração foi a mil, pois sou vascaíno. É uma grande honra trazer mais um troféu para o clube. Antes de atuar no campo, eu jogava vôlei sentado aqui mesmo no Vasco. Passei para os gramados em 2012, quando conheci o Vinícius, que hoje é nosso treinador ao lado do Rodrigo. Ele me chamou para fazer um teste e eu acabei passando. Com isso, fui relacionado para o Brasileiro da 2ª divisão, que o clube costuma disputar com sua equipe B. Fomos campeões e eu fui eleito o melhor goleiro da competição. A partir daí comecei a ser convocado com frequência para a Seleção - declarou Gilvano. 

Outro destaque da equipe de São Januário no torneio foi Felipe Rafael. O jovem ganhou o troféu de melhor jogador do Campeonato Brasileiro. O atleta, que compartilha do mesmo sonho que seu companheiro de equipe, promete trabalhar forte para conquistar um lugar na Seleção Brasileira que disputará os Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro em 2016.

- Treinamos o ano inteiro só para esse campeonato. Nossa sensação hoje é de dever cumprido. Tinham tantos craques lá, que até agora não acredito que fui o melhor. Graças a Deus pude fazer um belo Brasileiro. O futebol significa muito mais que 22 pessoas correndo atrás de uma bola, é paixão. Através de Deus e por meio do esporte, conheci pessoas especiais, lugares maravilhosos. Vou seguir trabalhando forte para conquistar meu grande sonho, que é  representar o país numa Paralímpiada - disse Felipe Rafael.

Comente essa notícia

Videos

#JamaisTerásACruz

desenvolvido por: