Em 14/11/2019 às 01h13


Luxemburgo diz que time fez grande jogo e pede respeito ao Vasco

Por: Matheus Babo

São Januário, Rio de Janeiro

O técnico Vanderlei Luxemburgo atendeu aos jornalistas após o empate em 4 a 4 com o Flamengo, nesta quarta-feira (14/11), no Maracanã e falou sobre o confronto. O comandante disse que este foi um grande jogo, elogiando a postura das duas equipes, explicou um pouco da estratégia adotada pela comissão técnica e pediu respeito dos jogadores adversários nas entrevistas, ressaltando a história do Cruzmaltino.

image
Luxemburgo durante a entrevista coletiva (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

- Foi um grande jogo. De oito gols e outras possibilidades. Saímos de campo satisfeitos, porque respeitamos o Flamengo, mas não tivemos medo. É o provável campeão, mas atuamos da maneira que tivemos que jogar. Criamos uma estratégia, não ficamos no campo defensivo e exploramos o que achei que poderíamos. Eu tava ali dentro vendo umas entrevistas e gostaria de dar os parabéns ao adversário pela maneira como eles vem jogando. Essa rivalidade existe, mas alguns jogadores se equivocaram ao dizer que eles já são campeões e que nós não estamos brigando por nada. Realmente, não estamos brigando pelo título. A história não se apaga. Respeitem a tradição do Vasco. E é isso que meu jogador tem que honrar. Acima de tudo, honramos essa camisa e esse respeito deve existir - disse Luxemburgo.

Questionado se esta foi a melhor atuação do Vasco sob seu comando, Luxemburgo lembrou que o confronto diante do São Paulo a equipe teve um desempenho melhor. O treinador vascaíno explicou que no clássico diante do Flamengo a equipe fez um grande jogo, mas teve alguns erros cruciais nos gols adversários.

- Acho que contra o São Paulo foi a melhor atuação nossa, porque erramos nos gols do Flamengo. Naquela partida, fizemos um jogo forte e não demos chance ao adversário. Ontem ficamos olhando os lances do adversário. Não podemos tomar o gol como foi o segundo deles. O Gerson estava impedido, chamando atenção atrás da barreira. Deixa ele lá. Foi um jogo cheio de alternativas - explicou o treinador.

Comente essa notícia

Videos

Rolé no Rio - Leandro Castan

desenvolvido por: