Em 13/08/2020 às 20h13


Fellipe Bastos marca duas vezes, Vasco vence o Sport e larga bem no Brasileirão

Por: Matheus Babo

São Januário, Rio de Janeiro

A paz de Bastos! Sob a batuta do camisa 8, o Vasco estreou com vitória no Campeonato Brasileiro 2020. O Cruzmaltino derrotou o Sport por 2 a 0, em São Januário, com dois gols de Fellipe Bastos e largou com pé direito na principal competição nacional.

O próximo compromisso do Gigante da Colina na competição será diante do São Paulo, neste domingo (16/8), às 16h, em São Januário.

image
Fellipe Bastos comemora o primeiro gol do Vasco no Brasileirão (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

O JOGO

A primeira chegada com perigo do Vasco foi aos 4 minutos. Andrey recuperou a bola no meio-campo e lançou em Germán Cano. O artilheiro dominou na entrada da área e arriscou o chute, obrigando o goleiro a mandar para escanteio. O Vasco era melhor e o gol chegou aos 8. Talles recebeu de Andrey e abriu bem em Benítez na esquerda. O argentino entrotou o marcador e cruzou na área, o goleiro afastou e a bola sobrou para Fellipe Bastos, que só teve o trabalho de conferir: VASCO 1 a 0.

Aos 15, Benítez cobrou escanteio fechado e o goleiro conseguiu um leve desvio, tirando da cabeça de Talles. Com a vantagem, o Vasco passou a esperar mais o Sport e tentou sair nos contra-ataques, mas não criou boas oportunidades. Aos 29, o time voltou a assustar. A camisa 8 de Juninho Pernambucano parece ter inspirado Fellipe Bastos, que soltou um balaço em cobrança de falta e a bola explodiu na junção da trave. Dois minutos depois ele teve nova chance na bola parada e não despediçou. Dessa vez, ele cobrou colocado e ampliou o placar: VASCO 2 a 0.

image
Momento em que Fellipe Bastos cobra falta com categoria para marcar o segundo dele no jogo (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

O Cruzmaltino voltou pressionando na segunda etapa. Logo aos 2 minutos, Benítez arriscou de fora da área e obrigou o goleiro a fazer difícil defesa. Na sequência, Bastos tentou o cruzamento para a área, mas pegou mal na bola, mesmo assim, levou perigo ao gol adversário. Aos 9, Cano brigou com o marcador dentro da área e de costas conseguiu mandar para o gol, mas o goleiro fez boa defesa. Aos 14, Benítez recebeu na direita, deu uma linda caneta no marcador e tentou levantamento para Cano na área, mas a zaga afastou.

Com o passar do tempo, o Vasco foi administrando a vantagem e tentando as jogadas de contra-ataque. Aos 30, o técnico Ramon Menezes promoveu três alterações: Marcos Júnior, Guilherme Parede e Lucas Santos entraram nos lugares de Talles, Gabriel Pec e Benítez, dando mais fôlego ao time. Aos 38, Parede lançou Cayo Tenório e arrancou com ele pela direita, mas a dupla acabou pecando na definição da jogada. Já no fim do jogo, Cano driblou o goleiro e tentou o chute, sem ângulo, mas tinha um defensor para atrapalhar.



FICHA TÉCNICA
VASCO 2 X 0 SPORT

Data/Hora: 13/08/2020, às 20h (de Brasília)
Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (Fifa-PR) Nota L! - 6,5 - Controlou bem o jogo e não interferiu no resultado.
Auxiliares: Bruno Boschilia (Fifa-PR) e Sidmar dos Santos Meurer (PR)
VAR: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Cartões amarelos: Gabriel Pec, Andrey (VAS);  Willian Farias, Marquinhos, Hernane (SPO)
Cartão vermelho:  Ronaldo Silva (50'/2°T)

Gols: Fellipe Bastos (8´/1°T, 1-0 e 31´/1°T, 2-0)

VASCO: Fernando Miguel, Yago Pikachu (Cayo Tenório, 10´/2°T), Ricardo Graça, Leandro Castan e Henrique; Fellipe Bastos (Bruno Gomes, 26'/2°T) e Andrey; Gabriel Pec (Lucas Santos, 30'/2°T), Benítez(Guilherme Parede, 30'/2°T) e Talles Magno (Marcos Júnior, 30'/2°T); Germán Cano. Técnico: Ramon Menezes

SPORT: Mailson, Patric, Adryelson, Maidana e Sander; Willian Farias, Betinho (Bruninho, 18´/2°T) e Jonatan Gomez; Marquinhos (Ronaldo Silva, 25'/2°T), Elton (Hernane, 25'/2°T) e Rafael (Lucas Venuto, intervalo). Técnico: Daniel Paulista

image
Grupo comemora o segundo gol junto com a comissão técnica (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)


Comente essa notícia

Videos

Rolé no Rio - Leandro Castan

desenvolvido por: