Em 14/08/2014 às 15h44


Com golaços de Juninho e Tenorio, Vasco vence o Sport em Recife

Por: Vasco.com.br

O Vascão voltou a vencer no Campeonato Brasileiro, nesta quarta-feira (08), na Ilha do Retiro, em Recife. A vitória ocorreu sobre o Sport por 2 a 0 com um golaço de falta do Reizinho da Colina, Juninho Pernambucano e um do demolidor Tenorio, que fez sua segunda partida após ter ficado contundindo por cerca de cinco meses.

 O resultado colocou o Gigante da Colina na liderança provisória da competição. O Cruz-Maltino pode perder a ponta do Brasileirão para o Atlético-MG que irá atuar nesta quinta-feira (09). É a sétima partida da equipe de São Januário sem sofrer gols.

O jogo

Etapa presa nas poças de água

O técnico vascaíno, Cristóvão Borges, contou com o retorno do melhor zagueiro do Brasil, Dedé, que formou a dupla de zaga do time ao lado Douglas. O restante da equipefoi formada pela mesma que enfrentou o Corinthians a última rodada. Por causa da forte chuva que caiu sobre Recife antes da partida, o gramado ficou muito pesado, com a bola parando nas poças de água. Isso prejudicou o espetáculo, pois o jogo ficou nivelado por baixo.

O Sport foi o primeiro a levar perigo. Rithelly recebeu dentro da área e, pressionado pelos marcadores, finalizou. A bola saiu fraca e quase parou na água, dando trabalho para Fernando Prass. O Gigante da Colina respondeu aos 12 minutos. Eder Luis avançou pela direita e rolou para Alecsandro, que pegou de primeira. A bola bateu em Aílson, saindo da direção do gol.

No restante da primeira etapa, muitos passes errados e faltas por causa do campo encharcado mantiverem o desempenho dos atletas prejudicado. O adversário ainda assustou a Muralha da Colina com uma bomba de Reinaldo. O chute saiu rente a trave vascaína.

Juninho e Tenorio fazem golaços e Vasco vence

Para o segundo tempo, Cristóvão Borges colocou o atacante equatoriano Tenorio no lugar de Eder Luis para melhorar o ataque, que pouco pegou na bola até então. Assim que começou a etapa, voltou a chover em Recife, castigando ainda mais o gramado.

Aos seis minutos, Juninho Pernambucano cobrou uma falta da intermediária para dentro da área e o zagueiro Douglas, de costas para a baliza adversária, cabeceou para a defesa de Magrão. Instantes depois, o Sport assustou  Prass em uma finalização de muito longe.

A equipe de Recife teve uma grande oportunidade com Moacir. Rivaldo fez boa jogada pela esquerda e cruzou na cabeça de Moacir. O jogador finalizou sem sair do chão, tirando a bola do alcance de Fernando Prass, mas ela acabou explodindo no travessão cruz-maltino. Quatro minutos depois, a Muralha da Colina salvou o Vascão ao defender um chute de Rithelly à queima roupa.

Aos 22 minutos, Juninho Pernambucano mostrou porque é reverenciado pela torcida do Vascão. O Reizinho cobrou falta com perfeição e fez um golaço na Ilha do Recife. O camisa 8 da Colina comemorou muito o tento. Após o gol, Cristóvão Borges colocou Fellipe Bastos no lugar de Carlos Alberto para reforçar a marcação do Trem Bala no meio de campo.

O Vascão ganhou confiança na partida e quase ampliou com Tenório. Juninho deu um passe espetacular, de primeira, para o equatoriano. O atacante driblou o goleiro Magrão e chutou, mas o zagueiro Diego Ivo salvou o Sport de levar o segundo gol. Aos 32 minutos, o próprio Diego Ivo foi expulso de campo ao receber o segundo cartão amarelo.

Com a vantagem no placar e no número de jogadores, não demorou em o Trem Bala da Colina fazer o segundo gol. Tenorio roubou a bola no ataque, driblou o goleiro, deixou o zagueiro sentado e só tocou para a rede dando números finais ao jogo: 2 a 0 Vascão, que assume a liderança provisória do campeonato, seguindo firme na luta pelo pentacampeonato brasileiro.

Próximo jogo
O Vasco agora vai enfrentar o Atlético-MG, neste domingo, às 16h, no Independência, em Belo Horizonte.


FICHA TÉCNICA
SPORT 0 X 2 VASCO

Local: Ilha do Retiro, Recife (PE)
Data/hora: 8/7/2012, às 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima (SP)
Assistentes: Márcio Luiz Augusto (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)
Cartões amarelos: Diego Ivo (SPO); Douglas, Alecsandro (VAS)
Cartões vermelhos: Diego Ivo (SPO)
Gols: Juninho, 22’/2ºT (0-1); Tenorio, 40’/2ºT (0-2)

SPORT: Magrão; Moacir, Diego Ivo, Ailson e Reinaldo; Tobi, Rithelly, Rivaldo (Hugo, 23’/2ºT), Marquinhos Gabriel (Henrique, 31’/2ºT) e Felipe Azevedo; Gilberto (Gilsinho, 23’/2ºT).
Técnico: Vágner Mancini.

VASCO: Fernando Prass; Auremir, Douglas, Dedé e William Matheus; Nilton, Wendel, Juninho (Fellipe Bastos, 37’/2ºT) e Carlos Alberto (Fellipe Bastos, 23’/2ºT); Eder Luis (Tenorio, intervalo) e Alecsandro.
Técnico: Cristovão Borges.

Comente essa notícia

Videos

#JamaisTerásACruz

desenvolvido por: