Em 14/08/2014 às 15h44


Vasco vence a Portuguesa em casa e segue no G-4

Por: Fabio Ramos

O Vasco começou com tudo. Precisando da vitória, pressionou a equipe da Portuguesa e conseguiu voltar a vencer na competição. Com gols de Alecsandro e Tenorio, o Gigante da Colina fez 2 a 0 e chegou a 38 pontos, abrindo quatro do São Paulo, quinto colocado. O Trem Bala da Colina agora se prepara para enfrentar o Náutico, nos Aflitos, nesta quarta-feira (05), às 19h30.

O jogo

Vasco pressiona, joga bem e marca com Alecsandro

Precisando vencer, o Vasco foi com tudo para cima da Portuguesa. Com menos de um minuto de jogo o Gigante da Colina já mostrou que não estava de brincadeira e assustou no cruzamento de Tenório, afastado pela zaga adversária. Aos sete, mais um susto para os visitantes, em cobrança de falta de muito longe o Reizinho da Colina obrigou o goleiro Dida a fazer a defesa.

Aos dez, a Portuguesa tentou reagir, com Léo Silva, mas parou nas mãos de Fernando Prass, que fez uma brilhante defesa. A partir daí o jogo ficou mais equilibrado, com chances para ambos os lados. Aos 17, mais uma boa chance vascaína, em nova cobrança de falta de Juninho que passou por todo mundo e saiu pela linha de fundo.

Aos 21, quase o Vasco abre o placar, após lindo cruzamento de Jonas, o artilheiro Alecsandro cabeceou com muito perigo, mas a bola acabou saindo. Dois minutos depois, a zaga da Portuguesa salvou no último lance o que seria o primeiro gol do jogo, após mais um cruzamento, dessa vez de Juninho, Alecsandro saiu cara a cara com o goleiro Dida, mas o zagueiro Gustavo interceptou o chute no momento certo. Aos 31, foi a vez de Tenório levar perigo ao arqueiro adversário, mas o árbitro já assinalava o impedimento.

Depois de insistir bastante, Alecsandro conseguiu fazer o gol. Aos 36 minutos, após cruzamento de Wendel, o zagueiro Luis Ricardo desviou a bola, que sobrou para o camisa 9 vascaíno abrir o placar. Três minutos depois, Valdomiro, após dividida com Dedé, foi expulso, deixando o Vasco com um a mais em campo.

A pressão vascaína aumentou, com algumas chances da Portuguesa. E, aos 46, Heber Roberto Lopes encerrou a primeira etapa.

Tenório amplia e Vasco volta a vencer no Brasileirão

Sem alterações, o Gigante da Colina começou de maneira alucinante o segundo tempo. Com apenas dois minutos, Juninho lançou Tenório, que saiu na cara de Dida e, com muita calma, só precisou empurrar para o fundo das redes, ampliando o placar.

Após o segundo gol do Vasco, a Portuguesa foi para o tudo ou nada. Bruno Mineiro e Léo Silva arriscaram, mas a bola acabou não levando perigo. Aos 19, Jonas cruzou da direita, a bola sobrou para Alecsandro, que bateu de canhota para linda defesa de Dida. No rebote, Pipico, em posição legal, chuta para fora, mas a assistente já havia marcado impedimento. A resposta da Portuguesa foi rápida, menos de um minuto depois Bruno Mineiro aproveitou cruzamento da esquerda e cabeceou para grande defesa de Fernando Prass. O jogo passou a ser lá e cá. A cada ataque vascaíno a Portuguesa respondia.

Aos 33, Alecsandro, após cruzamento de Wendel, cabeceou para uma difícil defesa de Dida, que mandou a bola para escanteio. Dois minutos depois, um susto para o Vasco. Pipico, que havia acabado de entrar, é expulso após entrada feia no adversário, deixando o Vasco também com dez em campo. A Portuguesa voltou a ganhar confiança e, aos 39, Bruno Mineiro chutou, mas Prass desviou e a bola acabou pegando na trave.

Nos minutos finais o Vasco ficou tocando a bola esperando o fim do jogo. A Portuguesa tentou esboçar uma reação, obrigando Fernando Prass a realizar duas defesas aos 47, mas não foi suficiente.

Próximo Jogo

O Vasco agora enfrentará o Náutico, nesta quarta (05), às 19h30, nos Aflitos.

Ficha Técnica
VASCO X PORTUGUESA

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 01/09/2012 - 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (PR / FIFA)
Auxiliares: Thiago Gomes Brigido (CE) e Carolina Ramanholi Melo (CE)
Cartões amarelos: Jonas (Vasco); Maylson (Portuguesa)
Cartões vermelhos: Pipico (Vasco); Valdomiro (Portuguesa)
Gols: Alecsandro, 36/1ºT (1-0); Tenorio, 2/2ºT (2-0);

VASCO: Fernando Prass, Jonas (Auremir, 21/2ºT), Dedé, Douglas e William Matheus; Nilton, Wendel, Juninho e Carlos Alberto (Felipe, 27/2ºT); Tenorio (Pipico, 11/2ºT) e Alecsandro. Técnico: Cristovão Borges.

PORTUGUESA: Dida; Luis Ricardo, Gustavo, Valdomiro e Rogério; Léo Silva, Maylson (Diguinho, 31/2ºT), Buninho (Ivan, intervalo) e Boquita; Diego Viana (Rodriguinho, 18/2ºT) e Bruno Mineiro. Técnico: Geninho.

Comente essa notícia

Videos

#JamaisTerásACruz

desenvolvido por: