Em 14/08/2014 às 15h44


Vasco joga bem, pressiona e vence o Quissamã por 3 a 1

Por: Fabio Ramos

No dia do aniversário do Presidente e maior artilheiro da história do Gigante, Roberto Dinamite, o Vasco, para manter o embalo, entrou em São Januário, neste sábado (13), às 16h, contra a equipe do Quissamã, em jogo válido pela sexta rodada da Taça Rio 2013. Este é o primeiro confronto da história das duas equipes. Em campo, o Cruzmaltino jogou bem, pressionou e venceu por 2 a 1. Com o resultado, o Vascão subiu para a quinta colocação do Grupo A, com sete pontos. Agora, o Gigante da Colina volta a campo no próximo sábado (20), quando enfrentará a equipe do Madureira, no estádio Conselheiro Galvão, às 15h30, pela sétima, e última, rodada.

 

O Jogo

Vasco pressiona e abre o placar

A equipe do Quissamã foi quem deu a saída de bola, mas foi o Vasco quem tomou a iniciativa e, com menos de um minuto de jogo, Dakson recebeu pela esquerda e cruzou para Thiaguinho, que não conseguiu alcançar a bola. Aos três, Abusa recebeu na entrada da área e arriscou, mas a bola acabou subindo e saiu em tiro de meta. Aos seis, Bernardo tocou para Dakson, que chutou cruzado para a boa defesa do goleiro Ricardo. No minuto seguinte, Dakson cobrou escanteio muito forte, mas Sandro Silva conseguiu evitar a saída e, quando estava iniciando uma nova jogada, acabou sofrendo falta.

 

Na cobrança, Bernardo mandou direto para o gol, mas Ricardo defendeu. Aos 14, Gustavo fez boa jogada individual, tabelou com Léo Miranda e chutou, mas Dedé chegou na hora certa e fez o corte. Em resposta, Dakson deu belo lançamento para Thiaguinho, que saiu na cara do gol, mas na hora de chutar, o goleiro Ricardo foi mais rápido e fez a defesa. Aos 22, Tenório fez boa jogada como pivô e acabou sofrendo falta na entrada da área. Na cobrança, Bernardo bateu direto para o gol, mas por muito pouco não abriu o placar para o Gigante.

 

Aos 27, Bernardo tabelou com Sandro Silva e tocou para Dakson, que dominou e chutou de longe, mas Ricardo defendeu. No minuto seguinte, Bernardo recebeu na meia-lua da grande área e arriscou o chute. Por pouco o Vasco não fez o primeiro gol. Aos 30, Elsinho iniciou a jogada pela direita, tabelou com Tenório, que devolveu de calcanhar, e invadiu a área, mas foi travado na hora de chutar. Três minutos depois, após aproveitar a sobra do escanteio cobrado por Bernardo, Dakson cruzou para a área e Dedé subiu alto para cabecear a bola e abrir o placar para o Gigante.

 

Na sequência, o Vasco foi ao ataque e Sandro Silva sofreu falta. Na cobrança de Bernardo, Tenório desviou de cabeça e ampliou para o Vascão. Aos 39, em resposta, Marquinho recebeu bom lançamento, dominou e dividiu com Dedé, dentro da área do Vasco. O árbitro assinalou pênalti e Gustavo diminuiu o placar para o Quissamã. Após o gol, o Gigante voltou a pressionar. Aos 46, com um minuto de acréscimo, o árbitro Leonardo Garcia Cavaleiro encerrou o primeiro tempo.

 

Vasco mantém o ritmo e vence o Quissamã

Na volta para a segunda etapa, o Vasco manteve o mesmo ritmo e passou a pressionar logo cedo. Aos três minutos, Bernardo recebeu pela esquerda e chutou forte cruzado para o gol, mas a bola saiu em tiro de meta. No minuto seguinte, em contra ataque, Thiaguinho foi lançado e apareceu livre na área, mas o árbitro assinalou impedimento, inexistente. Aos seis, Bernardo cobrou falta direta para o gol, mas a bola saiu.

 

Aos 13, Thiaguinho deu um belo lençol sobre o atacante Fabrício, tabelou com Romário e arriscou para o gol, mas Ricardo fez a defesa. Na sequência, Bernardo dominou próximo à área e mandou a bomba, mas a bola saiu em tiro de meta. Após a parada técnica, aos 24, Bernardo desceu pela direita e cruzou para Thiaguinho, que foi desarmado. Dois minutos depois, Dakson fez ótima jogada individual e bateu para o gol, mas Ricardo defendeu. No rebote, Romário não pegou bem na bola e ficou fácil para o goleiro do Quissamã.

 

Aos 28, Elsinho fez boa jogada pela direita e cruzou para Romário, que se esticou, mas não conseguiu alcançar a bola. Quase o Vasco marcou o terceiro. Dois minutos depois, Bernardo roubou a bola e arriscou o chute. Por pouco o camisa 31 não marcou. Aos 35, após cobrança de falta de Marquinho, a zaga vascaína afastou o perigo. Aos 41, Vinícius tentou driblar perto da linha de fundo, mas acabou se atrapalhando e a bola saiu em tiro de meta.

 

Aos 42, Pedro Ken lançou Romário, que dominou e deu um lindo drible no marcador, mas na hora de chutar para o gol, pegou mal na bola e ela saiu em tiro de meta. Aos 44, Dakson fez boa jogada e, ao invadir a área, sofreu pênalti. Na sequência, Thiaguinho foi para a cobrança e ampliou para o Gigante. Aos 47, o árbitro Leonardo Garcia Cavaleiro encerrou a partida.

 

Próximo jogo

Agora, o Gigante da Colina volta a campo no próximo sábado (20), quando enfrentará a equipe do Madureira, no estádio Conselheiro Galvão, às 15h30, pela sétima, e última, rodada da Taça Rio 2013.

 

Ficha Técnica
VASCO 3 X 1 QUISSAMÃ

 

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 13/04/2013 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro
Auxiliares: Marcos Sivolella do Nascimento e Andréa Izaura Maffra Marcelino de Sá
Cartões amarelos: Fillipe Soutto, Elsinho (VASCO); Bruno Neves (QUISSAMÃ)
Gols: Dedé, 33/1ºT (1-0); Tenório, 35/1ºT (2-0); Gustavo, 39/1ºT (2-1); Thiaguinho, 46/2ºT (3-1);

 

VASCO: Alessandro, Elsinho, Dedé, Renato Silva e Nei; Sandro Silva (Fillipe Soutto, 20/2ºT), Abuda, Dakson e Bernardo (Pedro Ken, 35/2ºT); Thiaguinho e Tenorio (Romário, intervalo). Técnico: Paulo Autuori.

 

QUISSAMÃ: Ricardo, Bruno Reis, Edson, Raphael, Arimax, Bruno Neves (Edilberto, 29/2ºT), Cleiton, Léo Miranda (Vinícius, 16/2ºT), Marquinho, Gustavo (Marcelinho, 23/2ºT) e Fabrício. Técnico: Marquinhos.

Comente essa notícia

Videos

Rolé no Rio - Leandro Castan

desenvolvido por: