Sub-17 é superado no jogo de ida da final da Copa do Brasil

terça-feira, 21/06/2022

Por: João Pedro Isidro, Assessoria de Imprensa

A equipe Sub-17 do Vasco da Gama foi superada pelo Palmeiras por 4 a 1 na noite desta terça-feira (21/06), no Allianz Parque, pelo jogo de ida da final da Copa do Brasil. O gol dos Meninos da Colina foi anotado por GB. A partida decisiva será no domingo (26/06), às 11h, em São Januário, e os ingressos já estão à venda. Para mais informações, clique aqui.

Decisão vai ficar para domingo, em São Januário (Foto: Carlos Santana/Portal da Base Brasil)

O jogo

A partida começou com muita briga no meio de campo. Logo no primeiro minuto, o Palmeiras conseguiu recuperar a bola e abrir o placar após avanço de Figueiredo, 1 a 0. Na sequência, em contra-ataque rápido, Endrick recebeu pela esquerda, finalizou e a bola desviou para ampliar, 2 a 0. Aos 8, GB fez grande jogada pela direita, invadiu a área e tocou para o meio, mas André não conseguiu a finalização.

O Vasco passou a ter mais a posse de bola e criar mais jogadas, enquanto o Palmeiras investia nos contra-ataques. O meia Estrella sofreu uma lesão no braço direito e deu lugar à Rayan. Aos 30, André invadiu a área pela esquerda e tentou o cruzamento. A bola bateu na mão do jogador do Palmeiras e arbitragem assinalou o pênalti. GB bateu com categoria e diminuiu, 2 a 1. Aos 37, GB tabelou com Rayan e finalizou de perna esquerda, a bola bateu no travessão antes de sair pela linha de fundo.

No início da segunda etapa, aos 7 minutos, Leandrinho cobrou falta na área e Lyncon ganhou a disputa no alto, mas o goleiro do Palmeiras fez uma bela defesa. Três minutos depois, GB chegou a linha de fundo e cruzou para André cabecear, mas a bola chegou sem força nas mãos do goleiro.

Aos 25, a equipe palmeirense cruzou a bola na área e Thales pegou o rebote, de primeira, para ampliar, 3 a 1. Aos 33, a arbitragem assinalou pênalti para o Palmeiras e na cobrança, Endrick marcou o gol, 4 a 1. Dois minutos depois, Gustavinho arriscou de fora da área e a bola passou bem próxima ao gol. Aos 46, Guga Maia lançou GB, que invadiu a área e finalizou para a defesa do goleiro.

Escalação do Vasco: Lecce, Paulinho (Igor Toledo), Lyncon, Luiz Felipe e Leandrinho; JP (Jerônimo), Matheus (Gustavinho) e Estrella (Rayan); Kauan Kelvin (Renan), André (Guga Maia) e GB – Técnico: Gustavo Almeida

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo