Sub-17 vence o Bahia e larga na frente na semifinal da Copa do Brasil

quarta-feira, 01/06/2022

Por: Matheus Babo, São Januário

O Sub-17 venceu o Bahia por 2 a 0, nesta quarta-feira (1/6), em Pituaçu, na ida das semifinais da Copa do Brasil e largou na frente por uma vaga na decisão. Os gols foram marcados por GB e Guga Maia. O próximo compromisso dos Meninos da Colina será diante do mesmo Bahia, pela volta das semifinais da Copa do Brasil, na quinta-feira (9/6), às 19h, em São Januário.

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

O JOGO

O Vasco começou controlando a posse de bola, trabalhando no campo ofensivo, buscando os primeiros espaços. Aos 14, o Gigante chegou bem em jogada trabalhada que Jerônimo tentou a tabelinha com GB, mas acabou travado antes do chute. Na sobra, GB tentou o cruzamento da direita e a zaga afastou. Aos 17, Estrella bateu falta por baixo, o goleiro espalmou e Paulinho quase abriu o placar no rebote.

Aos 20, Paulinho recebeu na direita, invadiu a área e tentou o chute cruzado, sem sucesso. Três minutos depois, após bola levantada na área, a zaga afastou mal e Lyncon bateu de primeira, mandando perto do gol. Aos 34, André tentou o chute da entrada da área e parou na boa defesa do goleiro. Aos 36, André deu belo lançamento para Paulinho, que cruzou em Estrella. O camisa 10 tentou de voleio, mas mandou por cima.

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

O segundo tempo começou com uma ótima oportunidade para o Vasco. GB roubou no ataque e tentou em Estrella, que pegou mal na bola. Aos 5, GB cobrou falta com categoria e abriu o placar: VASCO 1 a 0. Poucos minutos depois, o camisa 9 roubou a bola na frente e serviu Estrella, que demorou a definir e bateu em cima do goleiro. Melhor no jogo, o Cruzmaltino chegou novamente aos 13. Paulinho ajeitou para JP bater rasteirinho e quase ampliar.

Aos 21, Guga Maia recebeu boa bola na direita de GB e deu em Paulinho, que foi travado antes de completar pro gol. Aos 23, André deixou Guga Maia na cara do gol. O  camisa 19 driblou o goleiro e ampliou: VASCO 2  a 0. Aos 30, Guga Maia tentou o chute da entrada da área, o goleiro rebateu e Paulinho chegou dividindo. GB pegou a sobre e conferiu, mas a arbitragem marcou impedimento. O Gigante ainda teve outras boas oportunidades, mas o Bahia conseguiu suportar até o fim do jogo.

Escalação do Vasco: Lecce, Gustavinho (Kauan Kelvin), Lyncon, Luiz Felipe (Wanyson) e Leandrinho; JP, Jerônimo (Igor) e Estrella (Guga Maia); Paulinho, André (Renan) e GB – Técnico: Gustavo Almeida

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo