Sub-17 vence o Botafogo e segue 100% na Copa Rio

sábado, 09/04/2022

Por: Matheus Babo, Nova Iguaçu

O Sub-17 venceu mais uma pela Copa Rio. Neste sábado (9/4), os Meninos da Colina venceram por 3 a 0, gols de GB e Rayan (2), no Estádio Nivaldo Pereira, e manteve os 100% de aproveitamento na competição.

O próximo compromisso dos Meninos da Colina na competição será na sexta-feira (15/4), às 13h, diante do Resende, no Estádio do Trabalhador.

Foto: Matheus Lima/Vasco

O JOGO

A primeira boa oportunidade do Vasco veio aos 3 minutos. Em boa trama pela direita, GB recebeu na área e acabou pegando muito embaixo da bola. Um minuto depois, Estrella fez linda jogada, chapelou o zagueiro e tocou para Renan, que acabou mandando pra fora. Um minuto depois, GB recebeu na área e levou um chute do marcador. A arbitragem alegou impedimento, inexistente.

Aos 19, Gustavinho arriscou de fora da área. O goleiro espalmou e Renan tentou no rebote, obrigando o arqueiro a fazer grande defesa. A primeira boa oportunidade do Botafogo foi aos 25, em chute de fora da área que Victor Hugo fez ótima defesa. O Vasco respondeu logo em seguida, em contra-ataque com Renan e Leandrinho, que acabou travado.

Foto: Matheus Lima/Vasco

A primeira chance da segunda etapa veio aos 4 minutos. Estrella arriscou um chutaço de fora da área e mandou muito perto do gol. O gol veio aos 7. Estrella fez grande jogada pela direita e cruzou para Rayan, que bateu de primeira, o goleiro deu rebote e GB conferiu: VASCO 1 a 0. A pressão vascaína continuou e o segundo gol veio aos 19. GB achou Rayan na entrada da área, o camisa 7 limpou o zagueiro e tocou de bico, na saída do goleiro: VASCO 2 a 0.

E não parou por aí. Aos 23, Rayan recebeu na direita, cortou pro meio e soltou a bomba, no cantinho, para ampliar: VASCO 3 a 0. Dali em diante, o Vasco administrou o resultado e saiu com mais uma vitória na competição.

Foto: Matheus Lima/Vasco

Escalação do Vasco: Victor Hugo, Gustavinho (Gabriel Sá), Luiz Felipe, Lyncon e Leandrinho; JP (Caetano), Guilherme Esteves (Pablo) e Estrella (Guga Maia); Rayan (André), Renan (Kauan Kelvin) e GB – Técnico: Gustavo Almeida

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo