Sub-20 é superado pelo Fluminense na Taça Rio

sábado, 24/10/2020

Por: Fernanda Vidon*

O sub-20 foi superado pelo Fluminense por 1 a 0 neste sábado (24/10), no Nivaldo Pereira, em partida válida pela terceira rodada da Taça Rio. Os Meninos da Colina retornam aos gramados neste domingo (25/10), para enfrentar o Ceará, às 15h, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Durante a semana, o Gigante decide a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil na quarta-feira (28/10), diante do Moto Club-MA, às 15h, no Estádio Nivaldo Pereira. Na quinta-feira (29/10), encara o Madureira, às 10h, pela quarta rodada da Taça Rio, no Estádio Conselheiro Galvão.

O JOGO

A primeira chegada veio aos 13 minutos. Emerson partiu para a cobrança da falta que passou por cima da meta. O adversário abriu o placar aos 19 minutos: 1 a 0. Aos 29, Marcondes pegou a sobra de fora da área e arriscou de longe, mas a bola saiu pela linha de fundo. Aos 36, Saulo cruzou para Luan, livre na área. O camisa 9 foi desarmado antes de completar a finalização. No minuto seguinte, Luan apareceu novamente e tentou chegar com o carrinho para empurrar para o fundo da rede, mas não alcançou. Aos 45, MT recebeu pela direita e mandou com força no canto, sem sucesso no lance.

Na volta do intervalo, o Vasco chegou com Andrey Dias aos sete minutos. Ele carregou pela esquerda e arriscou o chute cruzado que acabou resultando em tiro de meta para o adversário. Aos 29, Saulo recebeu na entrada da área e tentou o chute, mas o goleiro saiu para fazer defesa tranquila. Aos 44, Rodrigo Gaia abriu para Andrey, que arriscou o chute e viu a bola ficar em bate rebate na área. Michael chegou pegar a sobra e finalizar, mas foi desarmado. No minuto seguinte, Guilherme Nascimento tentou de cabeça mas acabou sendo fraco demais. Já nos acréscimos, após cobrança de escanteio, Vitor apareceu para cabecear muito perto do travessão, mas não conseguiu converter.

Escalação do Vasco: Maranhão, Saulo (Breno), Germano, Vitor e Emerson; Marcondes, Róger (Marcos Dias) e Matias (Rodrigo Gaia); Andrey Dias, MT (Guilherme Nascimento) e Luan (Michael) – Técnico: Diogo Siston

*Estagiária sob supervisão de Sarah Borborema

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo