Sub-20 empata com o Botafogo e encerra participação na Copa Rio OPG

sábado, 20/11/2021

O Vasco empatou em 1 a 1 com o Botafogo, na tarde deste sábado (20/11), no CEFAT, pela partida de volta da final da Copa Rio OPG. O gol vascaíno foi marcado pelo atacante Marcos Dias. Como o primeiro jogo foi 3 a 2 para o adversário, o Cruzmaltino não conseguiu o título.

O grupo Sub-20 entra em recesso de dez dias e se reapresenta no dia 1 de dezembro, quando inicia a preparação para a Copa São Paulo, a ser disputada em janeiro.

Foto: Vitor Brugger/Vasco

O JOGO

A primeira boa chegada do Vasco foi logo com um minuto. Quando Cachoeira tentou o chute para uma defesa segura do goleiro. Aos 11, Caio Eduardo arriscou um chute da entrada da área, mas mandou pelo lado. A partida era decisiva e as duas equipes se estudavam. Na primeira chegada do adversário, o goleiro Cadu esteve seguro e fez ótima defesa. Aos 23, Cachoeira fez boa jogada pela esquerda e cruzou buscando Caio Eduardo, mas a zaga afastou para escanteio.

Aos 33, Vinícius arrancou pela direita e buscou o cruzamento para Cachoeira, mas a bolo foi muito fechada e acabou saindo. Aos 40, Vinícius e Saulo fizeram boa tabela pela direita e o lateral cruzou buscando Caio Eduardo, que não alcançou. Na sequência, Julião botou na cabeça de Andrey, que testou pro chão e quase marcou.

A segunda etapa começou com uma boa oportunidade do adversário, que parou em grande defesa do goleiro Cadu. O Vasco respondeu rápido. Andrey lançou Cachoeira, que ganhou na velocidade do zagueiro e por pouco não alcançou a bola. Aos 6, Saulo foi ao fundo, cruzou na área, mas ninguém conseguiu finalizar. A bola sobrou para Marlon Gomes, que bateu em cima da defesa. O lance seguiu e após passe da esquerda, Marlon Gomes ajeitou e Marcos Dias teve tranquilidade para abrir o placar: VASCO 1 a 0. Aos 13, o adversário empatou em chute de fora da área: 1 a 1.

Precisando da vitória, o Cruzmaltino respondeu aos 15, com Tavares, de cabeça, que parou na defesa do goleiro. Aos 24, Cachoeira tentou o cruzamento para Tavares e a zaga mandou para escanteio. Aos 35, Cachoeira marcou um golaço, mas a arbitragem marcou falta de Marlon Santos no início da jogada. Três minutos depois, Tavares cortou o zagueiro e tentou o chute, mas foi travado. Aos 42, Marcos Dias bateu colocado e a defesa salvou em cima da linha. No último lance, o Gigante ainda tentou após cobrança de escanteio, mas o defensor tirou em cima da linha novamente.

Escalação do Vasco: Cadu, Saulo (Juan), Menezes, Zé Vitor e Julião (Tavares); Andrey, Marlon Gomes e Caio Eduardo; Vinícius (Marlon Santos), Cachoeira (Léo Guerra) e Marcos Dias – Técnico: Igor Guerra

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo