Sub-20 empata com o Volta Redonda e segue na liderança da Taça Guanabara

sábado, 21/05/2022

Por: Matheus Babo, Nova Iguaçu

O Sub-20 empatou em 0 a 0 com o Volta Redonda, na tarde deste sábado (21/5), no Estádio Nivaldo Pereira, em partida válida pela Taça Guanabara. O Cruzmaltino é o líder da competição e pode ser campeão na próxima rodada, em caso de vitória diante do Boavista.

O próximo compromisso dos Meninos da Colina será diante do Boavista, no próximo domingo (29/5), às 15h, em local que ainda será definido.

Foto: Vitor Brugger/Divulgação

O JOGO

A primeira boa chegada foi aos 2 minutos, em tabela de Tavares com Marlon Gomes, que a defesa adversária afastou. Aos 4, Marlon Gomes recebeu na esquerda, puxou pro meio e bateu rasteiro, obrigando o goleiro a mandar para escanteio. Aos 12, Erick Marcus tentou o chute de fora da área com a canhota, mas mandou sem direção. Aos 15, o rival chegou com muito perigo, mas Cadu fez uma grande defesa com o pé direito. Aos 21, Erick Marcus arrancou, tentou o passe para o meio da área, mas a defesa afastou.

Aos 27, Marlon Gomes tentou cruzamento para Léo Guerra, mas a defesa afastou. O jogo era equilibrado, com poucas oportunidades de gol para os dois lados. Aos 40, Tavares tentou o chute de fora da área, mas pegou muito embaixo da bola. Aos 43, Julião cobrou escanteio e Victão chegou cabeceando, mandando muito perto do gol. Um minuto depois, Marlon Gomes recebeu na área e tentou o passe pra trás, mas Erick Marcus não conseguiu conferir.

O Vasco quase abriu o placar no início da segunda etapa. Léo Guerra recebeu na direita, invadiu a área e bateu cruzado para boa defesa do goleiro. Aos 9, Marlon Gomes tentou o lançamento para Tavares, que adiantou demais e não alcançou a bola. Aos 17, Julião cruzou para o meio da área e Wendell chegou dividindo com o zagueiro, mandando por cima.

Aos 21, Julião cobrou falta baixa na área, a zaga afastou e Wendell tentou o chute, mandando pela rede do lado de fora. Aos 25, Tavares recebe lançamento pela esquerda, tocou para Rodrigo, que tentou em Wendell. O atacante cortou pra esquerda e arriscou o chute, mas foi travado. Aos 42, Rodrigo invadiu a área e tentou de canhota, o goleiro espalmou e Marlon Gomes tocou para Wendell, que tentou de canhota e mandou pra fora.

Escalação do Vasco: Cadu, Wesley (Deyvson), Pimentel, Victão e Julião; Rodrigo, Barros (Caio Dantas) e Marlon Gomes; Léo Guerra (Cachoeira), Erick Marcus (Wendell) e Tavares (Ykaro) – Técnico: Igor Guerra

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo