Sub-20 vence clássico contra o Botafogo pela Taça Guanabara

sábado, 02/04/2022

Por: Breno Prata, CEFAT

O Sub-20 venceu o Botafogo fora de casa por 2 a 1, em clássico disputado neste sábado (2/4), no CEFAT, pela segunda rodada da Taça Guanabara. Os gols vascaínos foram marcados por Eguinaldo e Victão.

Os Meninos da Colina voltam a campo no próximo sábado (9/4), diante do Nova Iguaçu, às 10h, no Estádio Nivaldo Pereira, pela terceira rodada da Taça Guanabara.

Foto: Matheus Lima/Vasco

O JOGO

O Vasco começou a partida estudando as ações do adversário. O primeiro ataque dos Meninos da Colina veio aos 7 minutos, Julião avançou pela esquerda e cruzou para Eguinaldo. O atacante vascaíno chegou cabeceando e parou na defesa do goleiro adversário. Aos 21, Erick Marcus avançou pela esquerda, invadiu a área e cruzou rasteiro para Juan. O camisa número 7 chegou batendo de primeira e mandou direto pela linha de fundo.

No minuto seguinte, Erick Marcus achou um belíssimo passe em profundidade para Eguinaldo. O atacante vascaíno invadiu a área e finalizou com categoria na saída do goleiro, para abrir o placar: VASCO 1 a 0.

Foto: Matheus Lima/Vasco

O Vasco voltou para a segunda etapa buscando aumentar a vantagem no placar. O primeiro ataque vascaíno veio aos 4 minutos, Erick Marcus achou um ótimo passe de três dedos para Juan. O atacante vascaíno dominou dentro da área e rolou para Barros que chegou finalizando pela linha de fundo. Aos 19, Julião cruzou na medida para Marlon Gomes. O meia vascaíno ganhou da marcação e cabeceou firme pela linha de fundo. No minuto seguinte, Erick Marcus achou um ótimo passe para Paixão. O atacante vascaíno avançou, invadiu a área e parou na defesa do goleiro. Na sobra, Juan limpou a marcação, finalizou firme e parou novamente na defesa do goleiro adversário.

Aos 37, Julião cobrou falta na entrada da área e mandou nas mãos do goleiro adversário. Aos 46, o zagueiro Victão deu chutão de antes do meio de campo e anotou um golaço para ampliar o placar: VASCO 2 a 0. Aos 49, o adversário diminuiu: 2 a 1.

Foto: Matheus Lima/Vasco

Escalação do Vasco: Cadu, Paulinho, Victão, Pedro Lucas e Julião (Kauã Lucas); Lucas Eduardo (Ray), Barros e Marlon Gomes; Juan, Erick Marcus (Léo Guerra) e Eguinaldo (Paixão) – Técnico: Igor Guerra

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo