Sub-20 vira sobre o Flamengo na Gávea e assume liderança da Guanabara

sexta-feira, 29/04/2022

Por: Matheus Babo, Gávea

O Vasco venceu o Flamengo por 3 a 2, de virada, na Gávea, pela Taça Guanabara Sub-20. Os gols vascaínos foram marcados por Marlon Gomes, Eguinaldo e Juan. O próximo compromisso dos Meninos da Colina será no sábado (7/5), diante da Portuguesa, às 10h, no Estádio Nivaldo Pereira.

Foto: Matheus Lima/Vasco

O JOGO

A primeira boa chegada do Vasco foi aos 5. Erick Marcus recebeu lançamento de Barros, chegou no fundo, mas acabou travado pela defesa. Aos 10, Pimentel desviou cruzamento de Erick Marcus em cobrança de falta, mas a bola não teve direção. Aos 18, Eguinaldo recebeu no campo de ataque, tentou o drible sobre o marcador, que afastou em escanteio. Aos 20, o adversário abriu o placar: 1 a 0. Aos 24, ampliou: 2 a 0.

Aos 26, Paulinho lançou Eguinaldo, que achou Erick Marcus sozinho na área, mas o camisa 11 pegou muito embaixo da bola. Aos 33, Juan recebeu na área, puxou pra perna direita e bateu cruzado, mandando na rede por fora da rede. Dois minutos depois, Pimentel lançou Juan na área e o camisa 7 foi derrubado pelo zagueiro. Pênalti que Marlon Gomes cobrou com categoria para diminuir: 2 a 1. O Vasco seguiu em cima e empatou aos 39. Eguinaldo aproveitou sobra na área e botou pro fundo das redes: 2 a 2.

Foto: Matheus Lima/Vasco

O Gigante voltou melhor na segunda etapa é quase virou o placar aos 2 minutos. Juan recebeu na entrada da área e encheu o pé, acertando a trave. Dois minutos depois, o mesmo Juan arriscou e o goleiro fez ótima defesa. Na terceira chance, ele não perdoou. Aos 7, Marlon Gomes fez linda jogada pela direita e cruzou para Juan conferir: VASCO 3 a 2. Aos 9, Eguinaldo arriscou um chutaço de longe é quase ampliou. A pressão era grande e aos 11, Erick Marcus driblou o zagueiro e bateu cruzado, parando em grande defesa do goleiro.

Aos 30, Tavares disputou com o goleiro, pegou a sobra e cruzou para Eguinaldo pegar de primeira, mas a bola explodiu na trave. Aos 39, Caio Dantas invadiu a área e bateu forte, parando na defesa do goleiro. Cinco minutos depois, Tavares roubou bola na entrada da área e tentou o chute colocado, mandando por cima.

Foto: Matheus Lima/Vasco

Escalação do Vasco: Cadu, Paulinho, Pimentel, Victão e Julião; Rodrigo, Barros (Tavares) e Marlon Gomes; Juan (Léo Guerra), Erick Marcus (Lucas Eduardo) e Eguinaldo (Caio Dantas) – Técnico: Igor Guerra

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo