Thiago Galhardo vibra com retorno e projeta jogo com o Botafogo

quinta-feira, 15/03/2018

O Vasco da Gama cumpriu na manhã desta quinta-feira (15/03) mais uma etapa de sua preparação para o clássico contra o Botafogo. No CT das Vargens, em Vargem Pequena, a comissão técnica cruzmaltina promoveu uma série de atividades físicas e técnicas. Os trabalhos foram iniciados na academia do CAPRRES sob supervisão do preparador físico Ricardo Henriques. Na sequência, já no gramado, o treinador Zé Ricardo comandou a movimentação.


Thiago Galhardo durante treino no CT das Vargens- Fotos: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Com 10 pontos somados, o Gigante da Colina lidera o Grupo B da Taça Rio, porém ainda não está garantido na semifinal. Para carimbar o passaporte para reta final do segundo turno e também do Estadual, o Almirante precisa conquistar um resultado positivo diante do Botafogo no próximo domingo (18), às 16 horas, no Estádio Nilton Santos. Disponível após cumprir suspensão, Thiago Galhardo revelou a expectativa para o confronto.

– O Zé ainda não comentou nada conosco sobre a escalação. Como vocês puderam ver, o treinamento de hoje foi mais um regenerativo do jogo e ele não deu pistas de quem deve começar jogando. Ainda estamos em processo de recuperação. A partir de amanhã é que ele deve. Espero que todo mundo esteja à disposição para ele ter opções. É um jogo difícil, precisamos vencer para classificar em primeiro e ter a vantagem na semifinal. Então, vamos em busca do nosso objetivo, que é vencer o Botafogo e fazer uma boa partida – declarou o armador.

Ao ser questionado sobre o ambiente no vestiário após o resultado adverso obtido na estreia da fase de grupos da Conmebol Libertadores diante da Universidad de Chile, Thiago Galhardo garantiu que o clima é o melhor possível. O meio-campista citou o trecho de uma famosa música da torcida e demonstrou otimismo ao projetar o futuro da equipe de São Januário na temporada de 2018.

– O nosso ânimo para o clássico está lá em cima. Sabíamos que a Libertadores não seria fácil, nosso grupo não é fácil, possui inúmeras equipes de tradição. Dizem que o Vasco é o time da virada, então nós acreditamos nisso. Não temos motivo para abaixar a cabeça. Ainda estamos nos recuperando do resultado, mas a página já está virada. Estamos completamente focados nesse clássico contra o Botafogo. É o tipo de partida que se decide no detalhe. Vamos procurar fazer o melhor para fazermos uma grande apresentação – concluiu Thiago Galhardo.

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo