Treinador Diogo Calhau avalia temporada do sub-15, finalista da Copa Rio

sexta-feira, 16/06/2023

O Sub-15 é finalista da Copa Rio, diante do Fluminense, e fará o primeiro jogo neste sábado (17), às 10h, no estádio Nivaldo Pereira. O técnico Diogo Calhau falou das expectativas para o clássico, avaliou os seis meses de trabalho frente à categoria e já projetou o que espera para o segundo semestre.

– Essa categoria sub-15 é uma categoria de muita transformação. Os atletas passam por transformação hormonal, social, eles começam a ter uma exigência maior sobre a parte tática, a parte cognitiva tem muita modificação. Então é uma categoria que a gente chama de transição para a alta performance – explicou Calhau.

O treinador era o comandante dos atletas na categoria Sub-14 e subiu com eles no início do ano, tendo assim um acompanhamento muito de perto em relação à fase e o desenvolvimento dos Meninos da Colina.

Sub-15 vem de uma boa campanha na competição. Foto: Matheus Lima/ Vasco da Gama

– A gente percebe que a evolução deles foi muito grande. Os atletas melhoraram muito individualmente, tecnicamente, e a parte coletiva da equipe acho que foi a grande diferença. Eles têm jogado em conjunto, o jogo tem sido muito mais elaborado. A gente fez uma construção legal, só tivemos uma derrota na Copa Rio, na terceira rodada da primeira fase. Desde então temos boas apresentações, o time tem sido bem sólido defensivamente e com bastante opções ofensivas.

A campanha do Sub-15 na primeira fase da Copa Rio foi de 11 jogos, 10 vitórias e somente uma derrota. O saldo de gols (SG) foi de 40 gols pró (GP) e cinco gols contra (GC), resultando no aproveitamento de 90,9%.

Já na semifinal, em jogos de ida e volta contra o Flamengo, mais duas vitórias que garantiram a continuidade positiva da caminhada. Na primeira partida, vitória de virada por 2 a 1 na Gávea. Já na volta, mais uma vitória, dessa vez por 3 a 1. Foram cinco gols marcados e dois sofridos.

Renan Sousa é o capitão e o zagueiro da equipe. Foto: Matheus Lima/Vasco da Gama

Calhau aproveitou a conversa e projetar os próximos seis meses de 2023 para o Sub-15, que terá pela frente outros desafios a partir de agosto, como o Campeonato Carioca e a Copa Brasil-Japão.

– A gente agora termina essas duas semanas de final, vai passar o mês de julho em uma “intertemporada” de novo, começa o campeonato estadual em agosto e a gente tem ainda um Torneio Brasil-Japão. Pretendemos reformular algumas coisas, dar uma olhada no que aconteceu, fazer uma avalição mais larga sobre o que aconteceu e preparar a equipe. Mas a gente acredita em continuidade da evolução – finalizou.

A partida entre Vasco e Fluminense às 10h deste domingo (17) terá transmissão ao vivo e com imagens na Vasco TV.

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo