Vasco empata com Madureira na estreia do Carioca

sábado, 14/01/2023

Por: João Pedro Isidro, São Januário

Em noite de homenagens ao ídolo Roberto Dinamite, o Vasco da Gama empatou sem gols com o Madureira neste sábado (14), em São Januário pela estreia do Campeonato Carioca 2023. O próximo compromisso do Vasco será o amistoso contra o River Plate, no dia 17 de janeiro, nos Estados Unidos. Pelo Carioca, o Gigante da Colina entra em campo na quinta-feira (19), às 21h10, contra o Audax, no Estádio Luso-Brasileiro.

Foto: Matheus Lima/Vasco

O JOGO

O Vasco da Gama começou pressionando o Madureira no seu campo de defesa, sem deixar o tricolor suburbano sair para o jogo. As principais jogadas do cruzmaltino vieram pelos lados. Lançamentos em diagonal de Zé Vitor para Paixão levaram perigo ao gol adversário. Aos 9 minutos, Juninho recebeu pela esquerda, ajeitou e bateu colocado, com categoria, mas a bola bateu na trave esquerda do goleiro Dida.

Aos 25, Paulo Victor serviu Erick, que levou à linha de fundo e cruzou na segunda trave, Paixão tentou de voleio, mas não pegou em cheio na bola e ela foi para fora. Dois minutos depois, Paulo Victor cruzou para Zé Santos se antecipar ao zagueiro, girar e chutar forte para fora.  Aos 32, Paixão cruza na cabeça de Zé Santos que desvia, mas a bola passa à direita do goleiro.

Na segunda etapa o Vasco continuou buscando o gol. Logo aos 3 minutos, Matheus Barbosa cruzou e Zé Santos cabeceou no canto, mas o goleiro Dida fez um milagre e conseguiu espalmar. A única chance do Madureira veio aos 10, quando a defesa cruzmaltina saiu jogando errado e a bola sobrou para o atacante Luiz Paulo, que finalizou no canto, mas Halls defendeu.

Aos 27, Paixão puxou contra-ataque pelo meio e serviu Matias Galarza pela direita, o paraguaio cortou para o meio e bateu colocado, mas a bola foi para fora. Três minutos depois, Zé Vitor tentou lançamento para Paixão e a defesa cortou mal. A bola sobrou para Galarza que chutou forte e Dida espalmou. Aos 40, o zagueiro Lyncon rouba a bola no campo de defesa e parte para o ataque, ele limpa dois defensores, leva a bola na linha de fundo, corta para o meio e chuta já desequilibrado para a defesa do goleiro.

FICHA TÉCNICA

Vasco da Gama 0x0 Madureira

Campeonato Carioca – Taça Guanabara – 1ª rodada

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)

Data: 14/01/2023, sábado, 18h

Público/Renda: 16.682/R$ 213.840,00

Árbitro: Rafael Martins de Sá (RJ)

Assistentes: Thiago Rosa de Oliveira Esposito (RJ) e Rafael Sepeda de Souza (RJ)

Cartões amarelos: Paulo Victor e Rodrigo (Vasco); Henrique e Guilherme Augusto (Madureira)

Vasco da Gama: Halls, Rodrigo, Pimentel (Lyncon), Zé Vitor e Paulo Victor (Juan); Matheus Barbosa, Matias Galarza e Juninho (Lucas Eduardo); Paixão (Marlon Santos), Erick (Julião) e Zé Santos – Técnico: Emílio Faro

Madureira: Dida, Ruan (Oliveira), Cavalini, Wagner (Bruno Cosendey) e Bryan; Banguelê, Matheus Lira, Henrique (Arthur) e Pablo (Thiaguinho); Luiz Paulo e Guilherme Augusto (Gustavo) – Técnico: Felipe Arantes

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo